1. Pagando o empreiteiro nessa crise....


    Encontro: 18/06/2017, Categorias: Gays / Homossexual, Autor: kachuman, Fonte: ContoErotico

    Ola galera, tem bastante tempo que não escrevo aki, porque eu estava esperando algo realmente real para postar para vcs, bom mas vamos la.Tudo começou quando minha esposa decidiu q o nosso banheiro precisava de uma reforma,e como é ela q manda, contratei um empreiteiro, ele disse q traria o seu ajudante e que ficaria mais caro o serviço, eu falei q não precisava q eu o ajudaria, pois estava de férias, o nome dele é Sr. Ronaldo, um coroa de uns 55 anos, viuvo á 3 anos, 1,75m de altura, 75kg +/- e sem barriga saliente, com tudo combinado ele disse q duraria 3 semanas pra entregar o serviço, falei para minha esposa ir para a casa da minha sogra e passar o tempo da obra la, porém ela deveria levar o nosso almoço e café da tarde todos os dias, foi o q combinei com o sr.Ronaldo e q pagaria ele por semana.Na primeira semana foi tudo bem apesar das olhadas dele para minha esposa tudo bem, conversando com ele perguntei se nesse tempo de viuvo se ele tinha alguma namorada, ele disse q não q ja paquerou muito, mas não acho nada de sério depois da morte de sua mulher,e percebi q sempre q minha mulher ia na obra ele ficava de olho, as vezes até ficava de pau duro ao ve-la, e saía de perto com a desculpa de ir se limpar para a refeição, um dia logo q minha mulher veio com o almoço, ele usou a msm desculpa, e logo despachei ela pra casa e segui pra ver onde ele ia, e não é q o danado do coroa tava batendo uma punheta pensando na minha mulher, ele ficou meio desconcertado qndo eu o vi, ... mas ja estava gozando muito com seu pau de uns 19cm, um belo pau pra um coroa, eu disse a ele q eu entendia o q ele estava passando, mas q daquele dia em diante ela não iria mais levar nossa refeição, e sim eu q buscaria na casa da minha sogra.Minha mulher questionou o pq da minha decisão, mas eu disse q era pq ela estava ficando muito cansada q era pra ela relaxar.Com isso resolvido a a obra em andamento, cm o tempo sr.Ronaldo pegou mais intimidade comigo, e sempre tocava em assundo de gay, q se ele pegasse um ele arrombaria sem dó, por causa de sua carencia na cama, e eu fui ficando excitado com o papo, como o banheiro aki é pequeno, as vezes eu esbarrava nele só pra provocar, passadas duas semanas, entramos na ultima semana de obra, e a nossa relação estava mais intima ainda, um dia quando eu ia abaixando para pegar massa pra sr.Ronaldo ele de safadeza bateu com o pau na minha bunda, e disse, "eita q bunhadinha hein meu caro, se fosse mulher eu teria coragem", eu fiquei quieto, depois passando perto de mim ele foi e deu um tapa na minha bunda, eu perguntei qual era a dele, q eu não gostava disso,(pura mentira estava adorando), depois eu q dei um tapa na bunda dele, ai ele disse ué achei q num era disso, falei q só estava pagando com a msm moeda,outro dia ele me viu abaixado como se estivesse de 4 limpando o chão, passou perto de mim e deu uma apalpada na minha bunda, eu falei vai ter troco, ele na mesma hora disse q na bunda dele não, eu falei vamos ver, qndo ele estava ...
«12»