1. Minha Cunhada Gostosa


    Encontro: 16/06/2017, Categorias: Incesto, Autor: ksadocotia, Fonte: ContoErotico

    Esta é uma história verídica, e resolvi compartilhar, pois acredito que outras pessoas tenham a mesma tara. A minha é pela minha cunhadinha gostosa, que por sinal também adora contos a já até publicou alguns. No final cito um dos contos que ela publicou para quem quiser saber mais sobre ela, mas vamos ao contoEra uma tarde como todas as outras, estava em casa com a esposa e sua irmã que nos fazia uma visita. Minha esposa é 10 anos mais nova do que eu, e me considero sortudo por ter casado com uma ninfeta. Nesse dia elogiei minha cunhada, longe da esposa é claro, pois estava usando um shortinho bem curtinho e colado, deixando suas belas coxas torneadas a mostra e uma blusinha decotada que valorizava ainda mais seus belos seios. Ela é alguns anos mais nova que minha esposa, na época estava com 19 aninhos. Minha cunhada é morena, e apesar de gordinha, é uma delícia. Coxas voluptuosas, seios fartos, pele lisinha, cabelos logos e lisos e um rostinho de anjo, com uma boca carnuda. Não preciso dizer o quanto sentia tesão por elas, mas até ai ela não sabia disso. Até meu elogio as suas pernas foram de forma despretensiosa, mas sua resposta a esse meu elogio, me deixou excitado.Ao comentar sobre suas pernas e dizendo o quanto deveriam ser macias, ela disse que eu poderia conferir. Meus pensamentos foram a mil e fiquei pensando em como concretiza-los.Minha esposa deu uma saída de casa para ir à padaria, e mais que depressa aproveitei esse momento para conferir a maciez da pele de ... minha cunhada, que estava sentada no sofá com aquelas pernas deliciosas a mostra. Sentei ao seu lado e comecei a acaricia-la e dizer ao pé do ouvido o quanto estava adorando. Fiquei excitado na mesma hora. Ela suspirava, mas não deixou que minhas mãos percorressem sobre seu corpo, mas sabíamos que ao menos naquele momento seria somente aquilo.Após minha esposa retornar, apenas nos entreolhávamos, e minha cunhada ficava com carinha de inocente, com aquelas coxas a mostra e agora também dava para perceber seus biquinhos dos seios duros sobre a blusinha que usava.Achei que ficaria apenas na vontade, mas quando a noite chegou, fui deitar com minha esposa enquanto a cunhada ficou na sala assistindo TV. Deitei, mas só conseguia ficar pensando nela. Quando minha esposa pegou no sono, resolvi cometer uma loucura. Sai do quarto e tranquei a porta do lado de fora. Fui até a sala onde minha cunhada estava e a agarrei ali mesmo no sofá que não fez nenhum gesto de resistência. Beijei sua boca ao mesmo tempo que procurava acariciar seus seios. Pus minha mão por baixo de sua blusa e pude sentir aquele seio macio com o bico bem duro. Aquilo me deixou com muito tesão. A puxei para meu colo de forma que ela pudesse sentir o quanto estava excitado. Levantei sua blusa e com uma mão apertava-lhe os seios enquanto passei a sugar o biquinho do outro. Ela começou a morder os lábios.Estávamos com muito tesão com aquela situação. Não imaginava o quanto ela era fogosa. Novamente fiquei em pé e tirei minha ...
«12»