1. Grisalho gostoso me fodeu


    Encontro: 16/06/2017, Categorias: Com Fotos, Heterossexual, Autor: Mary Aparecida, Fonte: ContoEroticoComBr

    Sou uma mulher de 37 anos muito bem conservada e que chama a atenção de muitos homens de varias idades e adoro todas rsrs Fui trabalhar essa semana de vestido um pouco curto porem deixava meu corpo bem contornado e tenho uma cintura de dar inveja. Tenho 1,58 e 49k muito bem distribuídos. Pois bem de vestido e com um decote ate que discreto. Fui de metro estava quase vazio e sentado no banco de frente pra mim tinha um homem de cabelos grisalhos bem apresentável e me olhava de cima a baixo sem disfarçar. No começo fazia que não percebia, mas aquilo estava mexendo comigo e resolvi encarar ele me olhava de um jeito que me deixou com tesão e logo os biquinhos dos peitos ficaram durinhos e ele percebendo deu um aperto no meio das pernas pois com certeza o pau dele estava dando sinal. Eu estava de pernas cruzadas e descruzei de proposito minha saia estava um pouco acima do joelho e assim fiz com que ele imaginasse o caminho do meu joelho ate minha bucetinha. Nessa hora ele abanou o rosto com o jornal pois a temperatura estava subindo. Peguei a garrafinha de agua na minha bolsa e bebi deixando um pouco cair no meu decote e ao secar com a mão abri um pouco mais para provocar. Minha estação estava chegando e a brincadeira tinha que parar então me ajeitei e levantei de um sorrisinho safado para o homem e fui em direção a porta. No vagão tinha pouquíssimas pessoas e mesmo assim senti alguém esbarrar em mim e com a parada do metro encostou um pouco mais o corpo no meu quando olhei bem ... era ele o grisalho gostoso e cheiroso também e ele disse no meu ouvido que eu era muito gostosa e que estava de pau duro pra mim eu só disse que delicia e desci ele desceu comigo e me abraçou por traz como se fosse um conhecido e disse que daria tudo pra me foder e eu perguntei se daria tudo mesmo e ele respondeu que sim e senti aquela rola dura apertando minha bunda. Paramos no canto da plataforma e disse que estava indo trabalhar e não podia faltar se não iam me descontar e então mais do que depressa ele perguntou quanto eu queria pra foder com ele eu olhei bem, pensei e decidi que ia com ele. Saímos da estação ele me abraçava acariciando minha cintura fomos a farmácia compramos camisinha e entramos no primeiro motel que encontramos era meio fubeca, mas o tesão era maior. Ao entramos no quarto o homem foi logo pegando nos meus peitos e eu o empurrei na cama e fui tirando devagarinho meu vestido pelas alças e perguntando se ele queria foder gostoso e ele massageando o pinto ainda por cima da calça respondia que já estava muito louco de tesão e so queria meter em mim. Deixei o vestido cair ele babava me chamando de gostosa já com o pinto na mão disse que era muito gostos aquela rola grande e dura e que queria muito sentar nela e de costas tirei o sutiã e a calcinha e me virei massageando minha bucetinha que já estava meladinha e fu na direção dele que me agarrou passando a mão por todo meu corpo e dia que não estava acreditando que ia me comer. Sentei no colo dele de frente com ...
«12»