1. Comendo um cuzinho de madrugada


    Encontro: 15/06/2017, Categorias: Heterossexual, Autor: mariano 12345, Fonte: ContoErotico

    Olá amigos, mais uma vez venho lhes contar mais uma aventura sexual Fui passar um fim de semana em um rancho com minha namorada e unsamigos, ficamos o dia todo comendo churrasco, bebidas e tudo quetinha direito, e eu sempre dava umas cantadas na minha namorada,mas ela me dizia sempre que lá no rancho ela não me daria, poisestavamos com muita gente, e ela tinha vergonha de que alguémouvisse a gente.Quando deu a hora de dormir, arrumaram pra gente em um quartoonde tinha dois colchões no chão, e eu na minha sabendo que nadarolaria, a não ser muitos beijos, e no mais, umas passadas demão. Fui me deitar, arrumei o meu cantinho , ela foi no banheirotomou um banho , e veio se secar no quarto , aquilo já me deixoude pau duro, vendo aquele corpinho na minha frente, pensei comigo, pelo menos uma lambida na pepeca vou conseguir. Ela colocou uma roupinha leve , sem calçinha, e veio se deitardo meu lado, eu fiquei na minha, pq nos outros comodos, tinhagente dormindo, e não podia fazer barulho. Ela deitou e levantou sua roupa , deixando sua bundinha sem nadaencostando no meu pau, eu que não sou de injeitar, fui tirando oshort que tinha colocado para dormir, e fui colando nela, mascomo não podia fazer muito barulho, eu fui passando a mão naquelabundinha, alisando ela e fui encostando o pau na sua pepeca. Ela pegou meu pau e ficou brincando com ele, e já estava emponto de bala, fui colocando a cabeçinha na porta da ... suabocetinha, e coloquei a cabeça para dentro, ela deu umagemidinha. Ficamos brincando um tempão, até que eu tirei da sua bocetinha,e dei uma passada no seu cuzinho, e ela não reclamou, ficoucalada, aí pensei " Quem cala consente" comecei a forçar, mas nãoentrava, eu não tinha levado meu gel milagroso, então passei umpouco de saliva, e comecei a forçar só que ela não podia nemgemer alto pq tinha gente acordado na casa, eu fui colocando atéque passou a cabeça, dei um tempo pra ela acostumar, e coloquei oresto, ela mexia a bundinha e entrava mais ainda, até que nãoaguentando mais dei uma gozada já que estava com muita vontadenão deu pra segurar.Só que eu vi que ela não tinha gozado, e tinha ficado na mão ,coitada, eu dei uma descansada, mas sempre fazendo carinho nela,até que ela encostou aquele rabinho em mim, pronto, lá vai eupara mais uma, o Bichão deu uma reagida, e ela começou a fazercarinho eu parti pra dentro de novo, comecei fazendo muitocarinho para ela ficar relaxada, e fui colocando de novo na suabocetinha que já estava totalmente lubrificada, coloquei ela porcima de mim, ela montou de cavalinho, o meu pau bateu lá nofundo, com poucas fincadas ela gosou, e eu também mais uma vez.Aí foi dar uns beijinhos e dormir um sono profundo.No outro dia acordamos já era tarde, mas estavamos felizes comuma cara de saciados.Este foi meu conto de como comi minha namorada sem poder fazerbarulho.Votem e deixe seus comentarios.
«1»