1. Um amor inesperado na faculdade - Quarta temporada 11


    Encontro: 15/06/2017, Categorias: Romance Gays / Homossexual, Família, flagra, Raiva, cunhado, Universidade, Teens, Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Autor: Rafa Velaskes, Fonte: CasadosContos

    Deu 15:30hs Bernardo saiu da faculdade e foi pra casa do irmão pegar a pasta da mãe, como estava com a chave e Eduardo não estaria em casa, ele subiu sem tocar interfone. Mas para sua surpresa assim que abriu a porta ele ouviu gemidos vindo do quarto de Edu, e quando ele chegou lá se espantou ao ver que um carinha cavalgava no pau de Edu. Bernardo:- Que porra é essa aqui Eduardo? Eduardo:- (Assustado) Bernardo o que você está fazendo aqui? Bernardo: Não desconversa, me fala que merda é essa que eu estou vendo aqui? Eduardo:- Calma brother, eu vou te explicar tudo. Bernardo:- Vai sim, mas antes esse carinha vai sumir daqui... Tá esperando o que meu irmão? Rala daqui, anda.. O carinha que estava com Edu ainda era bem novo deveria ter entre 18 e 19 anos e era bem afeminado, com certeza o garoto estava assustado com aquela cena e tinha medo de ser agredido por Bernardo, ele se vestiu rapidamente e quando ia saindo Bernardo o abordou. Bernardo:- Não é nada pessoal contigo cara, eu não sou homofóbico e não tenho nada contra gays, o problema é com esse cara aqui, se quer um conselho: Fica longe dele, se tiver oportunidade ele vai te usar várias vezes, mas quando te encontrar na rua vai virar a cara e fingir que não te conhece, porque ao contrário de você, ele não é homem pra assumir o que ele é de verdade, gosta de ficar agindo na sombra... Se cuida garoto, e procura alguém que te faça bem. Eduardo:- Peraí Bernardo você não pode falar assim de mim eu... Bernardo:- Cala a boca se ... não quiser apanhar aqui na frente do garoto. (Virando para o rapaz), Como é o teu nome? Garoto:- Lucas... Bernardo:- Pensa em tudo o que eu acabei de te dizer Lucas, e foge desse cara aqui o quanto você puder. Lucas:- Pode deixar, eu vou seguir teu conselho. Lucas foi embora envergonhado, e Eduardo não o voltaria a vê-lo tão cedo, aliás Edu estava com a cara no chão, não tinha mais como negar sua sexualidade e acreditava que o irmão iria abrir seu segredo pra todo mundo, mas mesmo assim não perdeu a pose dele. Eduardo:- Eu posso saber o que tu veio fazer aqui? Bernardo:- Eu vim buscar a pasta que a mãe esqueceu aqui quando veio trazer as compras do teu supermercado, já pensou se fosse ela? Eduardo:- Eu posso explicar... Bernardo:- Nem tenta mentir pra mim, acha que eu sou trouxa? Eu sempre desconfiei desde a adolescência, tive a certeza quando vi você e o Caio, aliás, o Caio assumiu pra mim que vocês já tiveram um envolvimento e que vocês só não estão juntos porque descobriram que você namorava a Letícia e você não quer abrir mão de estar com ela. Eduardo:- Então o Caio te contou tudo, melhor assim pelo menos tu já sabe da verdade. Bernardo:- E o que você vai fazer Eduardo? Eduardo:- Como assim? Bernardo:- Cara você está sendo covarde, a Letícia não merece isso e o Caio também não. Eduardo:- O Caio seguiu a vida dele, e agora ta dando mole pro treinador dele. Bernardo:- Seguiu a vida dele porque você está sendo covarde, cara pensa: Você poderia esta feliz do lado dele, se você ...
«1234»