1. MEU MARIDO ME ENTREGOU PARA OUTRO MACHO.


    Encontro: 15/06/2017, Categorias: Traição / Corno, Autor: THECOACH, Fonte: ContoEroticoComBr

    Meu nome é Alice, tenho 22 anos e sou casada a quatro anos. Meu marido, o Márcio tem 38 anos, é um bom homem e muito trabalhador. Quando casei eu era virgem e o Márcio foi meu primeiro e único namorado. Sou uma moça bonita, os homens sempre reparam quando passo mas me faço respeitar. No primeiro ano de casados nos divertimos muito, o sexo com as primeiras descobertas foi maravilhoso e eu não tinha do que reclamar, mas com o passar do tempo nossas relações foram esfriando. Sinceramente falando, está na cara que para o meu marido manter relações está sendo uma obrigação; E eu não tenho mais orgasmos, não gozo e tenho que me masturbar no banheiro após nossas transas. Não aceito como desculpas mas o Márcio trabalha muito no escritório de advocacia tentando ser promovido, ele é advogado e trabalha para uma firma muito respeitada no mundo jurídico. Vive estressado, chega em casa cansado e não me come direito. Sou nova, gosto de sexo e tenho um corpo bem feito, não vou desperdiçar minha vida e não quero me separar do Márcio, eu amo meu marido! Então resolvi conversar com ele, abri o jogo e fui muito sincera. Ele ficou chateado mas concordou que não estava cuidando de mim como eu mereço e prometeu melhorar. Tentou, mas no mês seguinte me comeu mal e porcamente umas três ou quatro vezes e eu só na siririca. Encostei ele na parede; Falei de meu amor por ele das necessidades óbvias de uma mulher na minha idade e deixei claro que não quero me separar…então joguei meu ultimato: -Márcio ... meu amor, eu não posso continuar assim, se você concordar e permitir vou procurar o que preciso fora do casamento! A vida é cheia de surpresas e meu marido me surpreendeu: -Tá certo Alice…eu sei que você merece mais e no momento minha carreira é minha maior preocupação,eu te amo muito e vou permitir que você busque o que deseja com outro. Eu fiquei pasmada, quando comecei a conversa estava nervosa e com medo de perder meu marido com meu pedido. Esperava uma longa e difícil discussão não uma concordância calma e quase desinteressada. Márcio só me pediu para ser muito discreta e aconselhou que eu tivesse muito cuidado com a escolha do parceiro. Na verdade eu joguei sujinho, a meses que eu estava pesquisando nos sites na internet para identificar o escolhido. Já tinha selecionado alguns candidatos entre as centenas de tranqueiras que me apareceram. Um deles me interessou mais que os outros, calmo e educado me transmitiu segurança. Nos comunicamos muito pelo whats, e percebi que Rodrigo tinha tudo para resolver meu problema…Solteiro, com 35 anos e tipo fortão me atraiu mais pelas palavras de carinho e respeito mostrando ser educado e longe de ser afoito sempre me deixou a vontade sem pressionar. Ele mora perto de nosso apartamento e quando eu contei as boas notícias e ele disse estar muito contente pois estava ansioso para nosso primeiro encontro: -Que bom que teu marido te liberou Alice e melhor ainda que você me escolheu…mas precisamos combinar mais um detalhe…estou passando meu ...
«1234...»