1. Ninfetinha no Bar


    Encontro: 15/06/2017, Categorias: Ninfeta Bar, Heterossexual, Autor: LekLek, Fonte: CasadosContos

    Olá, meu nome é Vinícius, e a estória que vou narrar aqui é totalmente verídica, e aconteceu comigo a alguns dias atrás. Contarei de forma detalhada e por isso talvez fique um pouco extenso, mas tudo realmente aconteceu. Sou um cara normal, 27 anos, pele branca, 1,75 de altura, 75 kilos, cabelos castanhos curtos, olhos castanhos claros, boca vermelha e até faço sucesso com o público feminino, principalmente depois que ingressei no corpo de bombeiros, as portas se abrem mais facilmente. Tenho um pau de médio pra grande, creio que uns 17 cm, até grosso e costumo satisfazer bem a mulherada. Já fui casado, atualmente moro junto com minha ex mas já não ficamos a algum tempo, mas sempre vivi minhas aventuras sem pudor e sem expor ninguém, sempre me cuidado é claro. Acredito que a vida é para ser vivida desde que não façamos mal a ninguém. Moro em uma cidade grande do interior de Minas Gerais, em um bairro um pouco mais afastado e há algum tempo atrás abriu no meu bairro uma casa de sinuca. Para quem gosta do ambiente, tem a tradicional cervejinha, música ao vivo nas sextas e a famosa sinuquinha. Eu como bom brasileiro gosto de brincar umas partidinhas as vezes, e nessa brincadeira minha perspectiva mudou, conheci uma ninfetinha que apenas as palavras aqui escritas não descrevem como ela é bonita, gata e gostosa. Nayra é seu nome e ela trabalha no estabelecimento durante o dia limpando mesas e servindo os clientes. Confesso que há tempos não me interessava por uma garota dessa ... idade, claro que menina novinha é sempre muito gostoso, aquele frescor da juventude, fogo, por isso se torna o sonho de muito marmanjo, contudo há tempos que não tenho essa oportunidade e acabei me envolvendo com outros tipos de mulheres nas minhas pequenas aventuras. Todavia, quando vi Nayra pela primeira vez, não teve jeito. Tenho certeza que não tem nenhum homem que não se interesse por ela, vou tentar descrevê-la: cerca de 1,65 de altura, uns 55 kilos distribuídos perfeitamente com seios fartos e corpo na medida, pernas e bunda torneadas, sem barriga, enfim ela é uma semideusa literalmente. De rosto ela também é linda, olhos verdes, cabelo castanho pra loiro e uma boca que dá vontade de beijar tempo todo e além de tudo o sorriso dela é provocante, e a danada sorri o tempo todo. Na primeira vez que a vi ela estava limpando algumas mesas e servindo cervejas no balcão, logo percebi que não teria mais jogo pra mim, não tinha como parar de olhar e não tinha mais concentração para jogar, acabei apanhando feio do meu primo na sinuca. Reparei que todos no estabelecimento também a olhavam com a mesma cobiça, e como conheço o dono do estabe resolvi pergunta-lo o nome da nova funcionaria, e ele acabou me contando que o bar lotava muito por conta dela, eu era só mais um a babar por aquela ninfetinha. Acabei conversando um pouco com ela nos momentos que ia pegar uma cerveja ou algo assim e tive que dizer a ela que nunca tinha visto nenhuma menina bonita igual ela, que era até exagero ser ...
«1234»