1. Como saber se vou ser Swinguer.


    Encontro: 14/06/2017, Categorias: Traição / Corno, Autor: samconfuso, Fonte: ContoErotico

    Esta pergunta é conflitante, porque em muitos momentos podemos concluir que se trata de pura safadeza, ou covardia, talvez perversão. Só que com o mundo liberal vai muito além de tudo isto.Falando de nós, minha esposa (Aline), mulher do interior, demorou a perder a virgindade, só depois dos 22, demorou mais ainda para fazer o primeiro boquete, que em tempos remotos era algo muito extraordinário.Eu (Alex), mais vivido, amante do sexo, confuso em minha sexualidade, demorei a perder a virgindade por questões de insegurança e uma leve ejaculação rápida.Nos casamos, eu nunca fui fiel, Aline extremamente fiel e voltada para o casal, um casamento teoricamente normal, com suas brigas, eu ciumento, ela mais ainda, e quando entramos na rotina aonde sexo é melhor sozinho que a dois, quase separamos, vieram os filhos, a coisa só piorando, e não é que minhas infidelidades e o amor que Aline tem por mim nos empurraram para uma situação ao qual jamais imaginávamos.Meu gosto por vídeos de sexo explícito nos levaram a opções ousadas, aonde o ciume ainda existe mas quando nos encontramos dispostos a brincar usamos nossas máscaras e tudo é permitido, tudo é liberado.Já brincamos em casa de Swing, com Casais, sozinha (ainda não sai sozinho), com single, brincadeiras entre apenas homens, e entre mulheres, e as opções são as mais diversas apenas não realizadas por nossa insegurança em nos manter anônimos, e os filhos, aos quais decidimos devam ser polpados de quaisquer constrangimento.Nossas ... aventuras são sempre muito saudáveis, e prazerosas, temos uma predisposição por pessoas inteligentes. Na verdade eu sempre fui a favor do sexo casual sem ligação alguma, mas Aline contribuiu com algo mais erótico, que são as brincadeiras via Skype, um contato por telefone, que ao adentramos no quarto tudo se torna mais prazeroso e íntimo.Homem pensa com a cabeça de baixo, mulher é mais atenta aos detalhes, e nossos desejos compartilhados e discutidos tornaram as coisas melhores que pudéssemos sonhar.O medo foi natural, mas a libertação maior ainda, chegou a ter insegurança de ambas as partes, quando Aline entrou de vez na brincadeira fiquei preocupado, mas com o passar do tempo até o "liberalzão" aqui entendeu que quando o casal decide tudo junto e a confiança e diálogo está em primeiro lugar até a cumplicidade como um todo fortalece o casamento, e hoje mais do que nunca fazemos planos até a velhice.O segredo sempre é sempre o diálogo.A primeira vez que outro homem a tocou, foi consentido, e foi muito prazeroso, assim quando outra mulher me tocou ela consentiu. Quando saímos com um casal e ela sentiu que gostei demais, fomos conversando e equilibrando as coisas, até o dia que conversamos e a deixei sair com um homem sozinha, ela me mandava áudios e vídeos, foi excitante além do que jamais pudesse imaginar, ela ainda não conseguiu me liberar, mas falando sério, juntos sempre é mais gostoso.Como dissemos adoramos pessoas inteligentes e que tenham conteúdo, se alguém se interessar ...
«12»