1. Marcos, Alana, Bianca E Sentimentos Confusos


    Encontro: 12/06/2017, Categorias: Sentimentos Nascentes, sexo livre, universitários, dividindo apê, Heterossexual, Autor: Princess Mary, Fonte: CasadosContos

    Marcos estava, sem dúvida, vivendo a melhor fase de sua vida. Ia bem nos estudos, com ótimas notas, era jovem, saudável e tinha sexo à vontade, e de excelente qualidade, ao alcance de suas mãos. O que mais um cara como ele poderia querer ? O sexo rolava de todas as maneiras, entre os três, entre as duas garotas, ou entre ele e uma das garotas. Com o tempo eles conheceram outros rapazes e garotas, que curtiam o mesmo estilo de vida, e começaram a dar festinhas que acabavam em completa orgia, com todo mundo comendo todo mundo, e então tomavam o cuidado de usar camisinha. Com Marcos, Alana e Bianca não usavam camisinha. No princípio Marcos ficou um tanto constrangido com a presença de outros caras, por causa das comparações quanto ao desempenho, tamanho de pênis, e também por receio que algum tentasse alguma coisa com ele. Mas depois viu que todos queriam mesmo era comer as garotas e relaxou, comeu também todas as garotas que participavam dessas festinhas , e viu suas companheiras de apê dando para todos os caras. A coisa era totalmente aberta e todo mundo fazia tudo na frente de todo mundo. E Marcos achava que aquela era a vida ideal. Ou queria pensar assim... Chegaram as férias de final de ano. Bianca foi para sua terra passar as ... festas com sua família. Os pais de Alana estavam no Japão visitando seus avós, e Marcos a convidou para ir com ele para sua cidade. Ela deu aquele sorriso doce que tanto o encantava. - Sua família não vai se incomodar? - perguntou. - Imagina, Alana, eles vão adorar você ! - disse Marcos com entusiasmo. - Lá é interior mas é bem divertido, tem cavalos, cachoeira pra tomar banho e tudo mais ! A japinha deu um meio sorriso, afastando os fios de cabelo negro do canto da boca. - Não sei cavalgar... Cavalos. - disse com encantadora malícia. - Você me ensina ? - Claro que sim ! Você vem comigo, então ? - Sim... Marcos encarou aqueles olhos puxados e mansos. E sentiu uma coisa estranha... No dia seguinte fecharam o apartamento e seguiram para o aeroporto. Se as férias estivessem boas, voltariam apenas em fevereiro, para o início do semestre. Chegaram na capital do estado natal de Marcos e a seguir tomaram o ônibus para a sua cidade. A família de Marcos morava num lindo sítio, já um pouco fora da área urbana. Afinal desceram à beira do asfalto e avisaram a porteira coberta de madressilvas floridas. Alana, sempre muito graciosa com um vestidinho estampado e uma mochila às costas, olhou em volta - Bem vinda à minha casa, Alana ! - disse Marcos.
«1»