1. Ela simplesmente me ‘’Fudeu’’


    Encontro: 09/06/2017, Categorias: Lésbicas, Autor: pimentaah, Fonte: ContoEroticoComBr

    Eu sempre imaginava como seria a minha primeira vez com ela, nossas conversas pelo celular eram instigantes, eu não sabia como eu me reagiria, tinha medo de não ser boa o suficiente para aquela menina eu que estava completamente apaixonada. O que fazia eu ter esse medo era que ela é sádica e ninfo e eu não tenho experiências com relações sexuais ! o pouco de sensações que eu tive compartilhei para ela meu desejo de ser sempre submissa, de apanhar e de ser xingada . Até que chegou o grande dia aquela mulher estaria aqui na minha casa somente eu e ela, eu me tremia de medo por dentro, mas não tinha escolha eu a queria e aquele dia era ‘’o dia ‘’. Então eu fui me envolvendo para ver o que acontecia! Nós duas deitadas na cama de minha mãe, foi quando eu decidir provoca-la eu queria senti-la em mim! Comecei a atiçar, rebolando nela, e eu via aquele olhar de desejo me olhando, ela me apertou com força que me excitou bastante e disse: – Eu te quero pra mim Eu sorrir, e disse: – Sou toda sua! Ela me puxou, foi tirando minha camisolinha (que sinceramente comprei pra usar com ela), neste mesmo momento fiquei pensando (será que vou conseguir satisfazê-la? mais fiquei quieta e voltei a provoca-la) Ela beijava todo meu corpo, eu me arrepiava e já estava me deixando somente de calcinha, chupando meus seios como se o mundo tivesse acabando e isso me deixa louca, louca de vontade eu a arranhava, já queria pedir mais! Foi quando eu disse: – “aiiin” amor eu estou ficando louca de vontade! ... Ela apenas deu uma risada que vou te falar “pqp” era sensacional, uma risada de quem ia me pegar de jeito. Ela tirou minha calcinha com a boca, eu apenas olhava pra ela e segurava meus cabelos (cara ela ainda não tinha feito nada mais o meu desejo por ela era inexplicável). Ela começou a me chupar (eu dei uma gemida não muito alta/ “pqp” que língua foi uma sensação muito boa) me chupava cada vez mais eu delirava. Foi quando ela introduziu o dedo em mim (“puta que pariu” eu gemia tão gostoso para ela) Ela me comia gostoso e devagar, ela veio subindo me beijando todinha me olhou e disse: – Posso te satisfazer? (neste momento eu pensei é agora, será que eu tava preparada para aquela mulher?). Eu olhei nos seus olhos (ela continuava me comendo) e disse: – Sou toda sua me use, faça de mim sua submissa, manda que eu obedeça / ela deu uma risada tão safada que eu mordi meus lábios de vontade dela (uma vontade que vou dizer não sabia explicar eu sei que era incrível) Ela me puxou, colocando minhas pernas (na posição que eu mais gosto pqp essa mulher demais), ela foi passando a língua na minha virilha e eu segurando minhas pernas ela, isso tava me deixando louca de vontade foi quando eu disse: – Me come amor!! Ela deu aquela risada sarcástica continuo passando e língua , me deu um tapa forte na minha coxa , eu dei um gemido gostoso. Ela passou a língua no meu clitóris e enfio 2 dedos na minha buceta , eu segurando minhas pernas , me deu um tapa e disse gostosa . Ela me comia, mas comia ...
«12»