1. Saí só para beber,mas os amigos fuderam até o meu cú


    Encontro: 07/06/2017, Categorias: engoli porra, CUZINHO, PICA GRANDE, Porra, Amigos, Grupal, Autor: A sua Damma, Fonte: CasadosContos

    Era sábado e eu de bobeira em casa aceitei o convite do meu amigo Guto, eu já havia dado algumas vezes para ele, para tomar uma ceva na choperia Cruz de Malta, e estávamos os dois conversando animadamente em uma mesa, lógico que me rasgava para ir para sua casa, até que entrou no bar um cara que me chamou atenção, era o Theo, um carinha que eu tinha ficado apenas uma vez, que me havia fudido muito gostoso, ao ponto de eu dar meu cuzinho e pedir para que fudesse ele de novo, e para minha surpresa ele vem até nossa mesa e o Guto se levanta e o cumprimenta animadamente, e o convida para sentar, tremi na base, ainda mais quando NOSSO amigo foi nos apresentar e ele disse que já me conhecia, e que éramos também amigos. Theo sentou conosco e logo pediu uma cerveja, e parece que os dois não se viam a um bom tempo tal a conversa que rolava entre os dois, até que começaram a me contar de quando moraram em Porto Alegre e do que aprontavam por lá. Depois de mais ou menos uma hora o Guto já meio alto da bebida disse que iria ao banheiro, e foi quando o Theo aproveitou para me elogiar, dizendo que eu estava linda e que não sabia que NÓS estávamos juntos, falei que não, que apenas como nos conhecíamos, e o Guto havia me convidado para tomar uma cerveja e conversar, e foi ai que perguntei de onde se conheciam, falou que eram amigos desde o tempo de infância e que inclusive haviam namorado duas irmãs, e logo o Guto chegou e ficamos os três conversando, e notei que o Theo sentado na minha ... frente me olhava muito, me sentia devorada pelo seu olhar, e confesso que ficava lembrando-se do dia que ele me pegou, nossa como foi bom, lembrei daquele pau grande e grosso me preenchendo e comecei a ficar com tesão, e disse aos guris que iria no banheiro. Para minha sorte não havia fila e quando ainda de pé levantei minha saia e baixei a calcinha a danadinha da xaninha tava toda meladinha e não tive dúvidas ali mesmo no banheiro de pé me encostei-me à parede e meti meus dedinhos na minha bucetinha e esfreguei meu grelinho até gozar bem baixinho imaginando a foda com o Theo e só pensava que eu teria que repetir, que tinha que dar um mole para ele me fuder de novo, e gozei em silêncio com minhas lembranças e pensamentos pecaminosos, me acabei, fiz meu xixi e voltei para a mesa, sentei e o Theo me perguntou pq eu estava com o rosto vermelho, falei que não havia notado e que deveria ser a cerveja e pedimos mais uma e o Guto perguntou se não estávamos a fim de ir até uma festa, eu esperei a resposta do Theo e como ele disse que topava ir visto que a choperia estava ficando vazia eu disse que também iria com "meus amigos" e como o Theo esta sem carro, pois morava ali pertinho, foi conosco no carro do Guto. Entramos eu e o Guto na frente e o Theo atrás e sentou exatamente atrás de mim, eu estava com muito tesão, estava no carro com dois homens e já tinha dado para os dois, e comecei a imaginar os dois ao mesmo tempo me fudendo, e se eu convidasse ambos para fuder? Será que topariam? ...
«1234...7»