1. MENDIGO COMEDOR – PARTE 05


    Encontro: 05/06/2017, Categorias: Travestis, Autor: tiffanycrossdresser, Fonte: ContoErotico

    Como eu tinha me excitado com o olhar do Tonhão, era assim que ele era conhecido, o mendigo, ja tinha botado na cabeça que ia visitar ele, passado uns dias, esperei uma tardezinha, e me preparei, arrumei uma desculpa para ir la, peguei uns pacotes de bolacha e uns doces pra levar la, coloquei na mochila meu short curto, uma camiseta branca básica, e tbm a peruca, mas somente isso, a calcinha já botei por baixo, para sair de casa tava com um shorts mais longo normal, para não chamar atenção de ninguém em casa, sai então por volta das 18 horas.Peguei minha bicicleta e sai, passei pelos campos, eram no total de três, sendo dois, um de frente para o outro, com a BR cortando no meio, e um mais distante, que era aonde morava ele, inclusive esse campo futebol foi aonde o Andre me comeu a primeira vez, a casa do mendigo não era ao lado campo, tinha um carreador que descia ate onde ele morava, cheguei no tal carreador, e parei numa arvore, embaixo dela tirei o shorts largo e botei o curto e soquei no rabo, ajustei a camiseta e fiquei com duvida se colocava a peruca ou não, resolvi não por, o shorts mantive socado, sentei na bicicleta, arrebitei a bunda e fui descendo o carreador, a casa dele ficava perto de um bambuzal que circundava toda região.Cheguei finalmente, e um cachorro grande veio me dar oi com latidos fortes, parei a bicicleta, fiquei com medo, sentado na frente da casa de madeira, estava ele, fumando um cigarro de palha, so com uma bermuda, sem camisa, ele gritou com o ... cachorro e mandou eu chegar, desci da bike e fui andando, o cachorro claro me acompanhando, o Tonhão disse então:- oi, que surpresa vc aqui, ta perdido ou veio me visitar?Eu, - vim trazer umas bolachas e doces pra vc!Ele numa baforada do cigarro de palha deu um sorriso maligno, e engordou os olhos nas minha cochas lisas, já percebendo meu shorts socado, apesar de já estar anoitecendo, estava calor, ele falou então:- entra ai, vamos sair desse calor!La dentro era dois cômodos, uma cozinha aonde tinha panelas e pratos pendurados, com um ventilador em cima de um balcão, e um quarto com o mesmo nível de bagunça, la dentro estava melhor que la fora devido ao ventilador, ele falou:- oque vc me trouxe pra comer?Que pergunta insinuante essa, puxei a sacola com os doces e bolachas, que tava dentro da mochila, e sem querer minha peruca veio junto e caiu no chão, ele viu ela:- que isso, uma peruca?Eu confesso a vcs, não foi intenção minha que caísse, mas caiu, então porque ser santinho agora, - sim, minha peruca!O pilantrão gostou, disse, - põe ela, deixa eu ver!Peguei ela do chão e coloquei, ele deu uma olhada daquelas, isso tudo com aquele cigarro de palha soltando fumaça na cozinha dele, ajeitei ela na cabeça e dei uma voltinha, falei, - e ai, oque achou?Ele, - hum, vc parece uma menina assim!Disse isso já com a mão na bermuda, alisando o pau, eu já estava no maior tesão, me aproximei dele, e fui direto pegar no pau dele, senti o volume por baixo da bermuda, o cheiro dele era uma ...
«123»