1. Uma noite divinal!


    Encontro: 03/06/2017, Categorias: Fantasias, Autor: Omisterioso-R_C, Fonte: ContoEroticoComBr

    Oooooooooooooooolá, meu nome é Rasexualdo e o meu é Fesexuado. Viemos contar a história de Luanal (que teve seu nome trocado para não ser identificado!). Aconteceu mais ou menos assim… Estávamos todos os amigos reunidos na rua, quando do nada o nosso amigo Luanal, disse que ia entrar e comer alguma coisa (detalhe: não tinha ninguém em casa). Então nós continuamos a conversa com nossos amigos, mas dois minutos depois. Avistamos uma velha que quer ser nova (mora lá na rua) que chamamos de Grória, vimos a Grória entrando na casa do Luanal e logo seguimos ela. Ficamos na atividade em cima da laje, quando começamos a ouvir tudo o que eles falavam. – Oin – perguntou a Grória. – Oi – um oi meio seco. – Sua mãe nem tá em casa né, já da pra usar todo o seu gel. – Pra quê? – Perguntou Luanal – Eu já usei hoje, e meu cabelo tá de pé ainda U_U (com cara de enrustido) – Vai ter que ser da minha maneira! – Bravejou Grória. Foi quando, Grória deu um tapa na cara do Luanal, e sento no croquete mole dele, e começou a se mexer como se fosse uma minhoca quando sai da terra e nós encontra o pauzin pra ver qual é. Foi quando Luanal, na fúria de 3 homossexuais, mordeu às costas dela, maaaaaas ele não sabia que Grória era masoquista e curtia porrada e muita violência!!! Foi quando, a Grória derrubou todo o sal grosso da casa do Luanal em cima deles dois, enquanto o Luanal buscava uma tentativa de fazer fio terra. Enquanto isso eu e meu amigo ... Fersexuado esperávamos ansiosamente a nossa vez de participar daquela orgia divina. Foi quando, o Elianal (outro camarada da gente) apareceu das sombras com as nadegas visíveis a qualquer ataque, entrando em cena e dando paulada nervosa em todo mundo. O Elianal, chegou engravidando a Grória só com a sua presença (Ele transborda virilidade), e o Luanal também rodou e ficou grávido… Luanal ficou super apaixonado pela aparição triunfal de Elianal, então segurou seu pé e penetrou verticalmente em todos os espaços dos seus dedos do pé! Luanal ainda não estava contente e fez um movimento ousado e encaçapou o Elianal. Que no movimento encaçapou a Grória que gemeu igual uma ninfomaníaca com o Kid Bengala. Eu, e meu amigo Fesexuado aproveitamos a situação e corremos…, porém no meio do caminho perdi o Fesexuado de vista. Com isso voltei pra salvar meu amigo, foi quando me deparei com a cena: Luanal de quatro em um quarto bolado com a Grória de cabeça pra baixo, e o Fesexuado cantando: “Eu adoro, eu me amarro, chama o Elianal, chama o Elianal, faz quadradim, faz quadradim de oituu”. Aí eu fui salvar ele, pois achei que ele estava alterado com a droga de estrupo. Quando eu fui salva-lo a Grória me agarrou e me fez fazer anal giratório com ela a força! Eu não queria, mas fiz e o Fesexuado continuou a felicidade dele com os meninos… Com esse dia eu aprendi a não seguir as pessoas e nunca guardar gel em casa. Beijos e abraços molhados, caros leitores…
«1»