1. Uma difícil decisão -Parte IX


    Encontro: 03/06/2017, Categorias: Gays / Homossexual, Lésbicas, Lésbicas, Sexo, Amor, Autor: Lollitta, Fonte: CasadosContos

    Continuação... -Então me mostre... -Falei enfiando minha boca em seu pescoço e o chupando... -Ah... -Suspirou Luíza, com a sensação. -Se segura... Em mim... -Disse ofegando. Me agarrei mais nela e continuei lambendo seu pescoço enquanto ela me levava dalí. -Pronto... -Disse me colocando sobre a cama de seu quarto, que era encantadoramente decorado em um estilo antigo, do período vitoriano, suponho. Ela se afastou um pouco pra me observar e quando dei por mim, ainda estava com a toalha enrolada em meu corpo. Tratei de tirá-la e jogar longe. Luíza sorriu e seus olhos começaram a descer, olhando cada parte de mim. -Vem! -Falei abrindo minhas pernas e soltando os cabelos que estavam envolvidos por um prendedor decorado. Foi como um convite, eu não tinha tempo pra esperar, a queria agora. Ela sorriu novamente, agora mais safada e partiu pra cima de mim e me beijou, um beijo delicioso. Sua boca chupava a minha língua e dava leves mordidas em meus lábios. Depois ela desceu, começando a beijar cada pedacinho que encontrava pela frente. O pescoço, nuca, demorou nos seios, sugando e lambendo os biquinhos, deixando eles duros e depois continuou traçando seu trajeto. Barriga, umbigo, ventre, coxas e quando chegou em meu sexo, senti sua língua adentrando minha gruta e gemi alto. Ela alternava entre linguadas em minha buceta, chupões no clitóris e lambidas que iam do meu cuzinho ao clitóris me levando aos céus. -Hmmm... Mais... -Cada vez mais eu gemia e pedia por mais, ela atendia. Quando ... estava prestes a gozar, puxei seu rosto pra que olhasse pra mim e falei em plenos pulmões: -Vem... Quero gozar... Com vc... Ela subiu e se encaixou entre minhas pernas. Eu enrolei minhas pernas em torno de sua cintura e nós começamos a nos mexer. Roçávamos bruscamente procurando pelo máximo de prazer possível. Depois de alguns segundos nisso, estávamos pra lá de suadas, amassadas, ofegantes e quase gozando. -Ah... Delícia... -Gemeu Luíza, anunciando o gozo -Ohh... -Eu gozei junto e desfalecemos exaustas. -Eu amo vc... -Disse após alguns segundos. -Vc já disse isso... -Falei de olhos fechados, ainda tremia pelo orgasmo. -E vc acredita em mim? -Perguntou enquanto acariciava meus cabelos. -Talvez. -Eu estava começando a acreditar. Se eu estivesse enganada, que fosse, talvez eu sofreria, mas pouco importava. -Vc terá muito tempo pra me dizer isso... -Luíza... O que vc faz da vida? -Perguntei me lembrando do luxo de tudo alí. -Eu sou arquiteta. -Disse tranquila. -Hum. Isso deve dar dinheiro -Estava quase dormindo. -Mais do que minha irmã ganha. -Disse me beijando os ombros. -Eu nunca me importei com quanto ela ganha... -Foi quase uma defesa. -Não importa... Se vc ficar comigo, meu dinheiro será todo seu. -Agora sua mão acariciava meu rosto. -Eu não quero seu dinheiro. -Eu sei... Derepente, abri os olhos e vi algo no chão ao lado da cama. -Mimus! Ah meu Deus! Eu não acredito nisso! -Um gato negro com a barriga branca subiu na cama e se aproximou miando. Luíza saiu de cima de mim e ...
«12»