1. Isso é Amor? - Parte 1


    Encontro: 01/06/2017, Categorias: Amigos, Amizade, Teens, Romance Gays / Homossexual, Amor, Romance, Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Autor: Guico, Fonte: CasadosContos

    Primeiro ano na faculdade, pois é. Como o tempo passou rápido. Há pouco eu era uma criança ingênua, agora já estou trilhando o caminho da minha vida, do meu futuro. Meu nome? Gustavo Alcântara, tenho 18 anos e estou entrando no curso de Engenharia Civil. Tenho 1,89 de altura, magro, cabelos pretos e olhos castanho claro. Eu estava perdido no meu primeiro dia, isso seria óbvio, até que finalmente encontrei minha sala. Se eu estava nervoso? Com certeza, eu não sou uma pessoa muito sociável, até poderia dizer que sou extremamente tímido, mas eu precisava estudar né!? Quando entrei ainda tinha poucas pessoas na sala, sentei num canto e fiquei na minha, não sou de puxar papo com pessoas que não conheço, a timidez impede. O sinal bateu, a sala encheu e o professor chegou. Nos deu a boas vindas a faculdade e disse que hoje era apenas uma apresentação e que logo seriam liberados. Achei estranho ter vários alunos na porta da sala, até que caiu a ficha de que haveria trote e eu ja me tremi todo. Não de medo do trote, mas sim das pessoas, eram todos veteranos, e como sou sociável, seria um problema participar do mesmo. O professor logo dispensou a todos e eu enrolei o máximo pra sair. Todos que iam saindo já recebiam farinha e tinta no corpo todo. Sou o próximo, pensei. Assim que sai logo dei de cara com alguém que não era totalmente estranho, eu o conhecia, morava perto da minha casa e, no passado, éramos amigos: - Não sabia que você tinha entrado na faculdade, nesse curso - Falou. - ... Pois é, eu também não sabia que você estava cursando Engenharia... - Não consegui completar a frase devido a um cara tacar farinha no meu rosto. - Você mereceu por ter ficado parado aí por tanto tempo - Disse rindo de mim. - Se não fosse um certo alguém vindo falar comigo isso não teria acontecido - Respondi no mesmo tom. Depois daí eu segui e participei do trote junto aos outros alunos, não foi nada pesado. Só isso mesmo e depois nos chamaram para ir ao bar que ficava do lado da faculdade: - Eu não sou muito de beber, Rafael - Disse à ele. - Relaxa, bebe um pouco só, daqui a pouco ja vai estar na hora de ir embora - Esqueci de dizer que como moramos perto um do outro, pegamos o mesmo ônibus para ir e voltar da faculdade. Devido à bebida eu realmente relaxei, me descontraí e comecei a puxar papo com ele: - Já está em qual termo? - Eu tô no quinto, to na metade do curso ainda haha. - Bom que eu ja tenho alguém pra me dar aulas quando eu precisar haha. - Eu cobro hein!? - Isso é o de menos. Mesmo tendo pouco tempo até irmos pegar o ônibus, eu exagerei. Bebi mais do que deveria, e era a primeira vez que eu bebia tanto, lembro de mal conseguir ficar em pé, ele teve que me ajudar a chegar no ponto: - Porra tu bebe demais, não precisava exagerar desse jeito - Disse me segurando. - Ahh para vai, não enxe o saco - Falei quase caindo, mesmo me segurando. - Vamos, o ônibus já chegou. Acho melhor você não ir pra sua casa hoje, manda uma mensagem e fala que vai dormir na casa de um amigo ...
«12»