1. Desejo Alheio


    Encontro: 28/05/2017, Categorias: Fetiches, Autor: Malluh, Fonte: ContoEroticoComBr

    Sou noiva, e meu noivo tem um fetiche bem louco: adora ouvir eu falando de transas que já tive ou poderei ter com outras pessoas. Bom, eu estudo a noite, e na maioria das vezes chego em casa e meu noivo está dormindo, cansado do trabalho. Mas não importava, naquele dia eu queria fazer um sexo bem gostoso, e não tinha nada que ia me impedir. Cheguei mais de 22:00 hs em casa, e pra minha surpresa ele estava me esperando, bem acordado (risos). Fui tomar um banho rápido, pois estava louquinha pra trepar gostoso. Saí do banho e me vesti com um shortinho, curtíssimo (que ele adora), e sutiã. Ele estava deitado na cama, me aproximei beijando-o seu corpo. Ele me deitou de frente pra ele, deu-me um beijo demorado e caloroso, foi beijando meu pescoço, descendo e chupando meus seios, descendo mais e beijando minha barriguinha até chegar no meu sexo, olhando pra mim com um olhar misterioso e safado, começou a chupa-la com bastante desejo, lambuzando-a inteira. – Alguém já chupou gostoso assim? – ele perguntou. Eu dei um sorriso discreto e safado e disse que não, já sabia que iria começar a brincadeira (nossa brincadeira). Ele levantou-se e pediu pra mim mamar aquele membro todo meladinho, me ajoelhei, abaixei a cueca dele, o peguei com firmeza e o coloquei em minha boca, chupando a cabecinha, enfiando todinho na minha boca. Resolvi ousar e perguntei: – Já pensou eu chupando outro pau assim? Me chamou de puta, me olhando com uma cara de mau e safado (adoro isso!). – Tem alguém que você ... queira chupar gostoso? – ele perguntou. – Sim! Tem vários. – respondi prontamente (querendo provocá-lo). Rapidamente me pôs de quatro (posição que eu amo), brincou com a cabecinha daquele membro gostoso na entradinha da minha buceta (que já estava ainda mais molhadinha), foi metendo devagar, depois foi aumentando o ritmo, enfiando todinho em um movimento rápido e gostoso (ele sabe que eu adoro quando ele mete sem pena e sem dó). – Eles metiam assim? – perguntou. – Não! – continuei – Mas se transasse com eles hoje eu pediria pra meter desse jeito, rápido, forte e delicioso! – Você é uma verdadeira puta! – respondeu ele , com uma voz firme e safada. – Você adora isso! – exclamei. Naquele momento já sentia ele cada vez mais excitado, com o membro ainda mais rígido e com uma vontade louca de soltar toda aquela porra dentro de minha buceta, mas eu não queria na buceta, eu queria mesmo era engolir todo aquele leitinho, chupando aquela delícia. Me pus de frente pra ele (deitada), peguei o membro dele, coloquei perto da minha entradinha, e disse: – Mete nela como ninguém nunca meteu! Assim o fez, metendo de um jeito gostoso e falando que só ele me comeria gostoso daquela forma. – Imagina eu chupando o caralho deles bem gostoso até eles gozarem na minha boquinha. – falei arranhando as costas dele. Ele ficou novamente louco pra gozar, me fazendo ir a loucura. – Vai, pensa em como seria eles me pegando de quatro, comendo meu cuzinho – pronto! isso foi o estopim. – Vou gozar sua puta ...
«12»