1. Como tudo começou (cont.5)


    Encontro: 28/05/2017, Categorias: crossdresser, Cdzinha, Travestis, feminização, Gays / Homossexual, Autor: Luciana, Fonte: CasadosContos

    No dia seguinte após a festa da minha irmã, já a noite no quarto, quando estávamos sozinhas, minha irmã perguntou se eu não tinha contado nada para nossa mãe, respondi que não, então ela disse que não queria ficar nas minhas mãos, mas voltei a afirmar que não contaria nada, então ela fez uma coisa inacreditável...abriu sua gaveta de lingerie e me chamou, puxou umas 6 calcinhas e falou: - Olha Lu, sei que vc gosta de usar, ainda não consigo entender pq, mas quero que fique com elas, assim compartilharemos segredos e terei certeza que quando brigarmos uma não vai contar sobre a outra para mãe sobre nossos segredos, meus olhos na hora brilharam, mas respondi a ela que eu não usava e que não se preocupa-se pois não contaria, ela então riu e disse que eu não enganava ela, que uns dias atrás eu até vesti seu vestido da festa e perguntou se tinha esquecido, disse ainda que estava me dando uma chance de ter as minhas próprias calcinhas e que eu poderia usar todos os dias, e que irmã faria isso? Respondi que sim, que topava, mas ela só me alertou pra não deixar ninguém ver, principalmente os meninos, pois minha vida viraria um inferno; disse que tomaria cuidado; nisso minha mãe nos chamou para jantarmos. Na hora que minha mãe me viu, já fechou a cara, pois o corte do meu cabelo se revelará (como estava em casa, não me preocupei em esconder o corte com gel, revelando o quanto estava feminino meu cabelo chanelzinho com franjinha) e perguntou que cabelo era esse? Respondi que o mesmo ... de ontem só estava sem gel, então disse que quando eu fosse sair de casa que era pra eu colocar gel e fazer o topete, que aquilo não estava legal e que teríamos que esperar a franja crescer pra fazer um corte decente, fula da vida ainda disse que chamaria atenção da moça que fez o corte. Alguns dias se passaram e depois do apoio da minha irmã, comecei a usar calcinhas quase que diariamente, estava até indo pra escola usando calcinha, depois de um tempo aquilo começou a parecer normal... Mas um dia no almoço minha mãe perguntou pra minha irmã do pq dela estar sujando tanta calcinha, minha irmã me olhou, na hora pensei que fosse me entregar, mas disse que era por causa das aulas de vôlei, minha mãe disse que nem sabia que ela fazia vôlei, mas que tudo bem e deu uma risada, e me olhou e disse: - e vc mocinho vê se usa mais cueca pq quase não vejo na roupa suja, pegue o exemplo de sua irmã e seja mais higiênico, que coisa feia usar a cueca por vários dias, ri e disse que tudo bem, mas mal sabia ela o que estava acontecendo. No quarto agradeci minha irmã que me disse "irmã é pra essas coisas"! Alguns dias se passaram... Continuava a usar minhas calcinhas, minha irmã já não estava nem ai, só se preocupava com suas amigas e namorado, nessa época eu observava demais elas, até modess usava junto da calcinha e fazendo isso parecia que cada vez mais eu fazia parte daquele universo. Faltando algumas semanas para o meu aniversário de 13 anos, minha mãe teria que viajar a trabalho, nessa ...
«1234»