1. ME REALIZANDO COM OS CINCO


    Encontro: 25/05/2017, Categorias: Com Fotos, Fantasias, Autor: Vivinha Peituda, Fonte: ContoEroticoComBr

    Como sabem meu nome é Vivinha, como sabem adoro me exibir, vivo desfilando meu corpo por ai, vivo exibindo minha bunda, adoro andar sem calcinha, meus peitos enormes com sua aureolas escuras, sempre que possa gosto de provocar os homens, gosto do olhar deles, de sua falas quando passam alguns me cantam, outros falam palavrões e fico nas nuvens. Eu estou mudando do bairro onde moro, comprei uma outra casa, vou sentir saudades porque me divertir muito fiz altas putarias por aqui. Eu fui na feira para comprar umas frutas porque eu não ia ter tempo de comprar na nova casa depois. Eu adorava ir na feira os comerciantes, lindos, homens maduros, forte cara de macho como eu gosto,são donos de barracas de frutas e verduras assanhados, adoro provoca-los eu estava vestido uma blusa branca com um grande decote, e puxei bem quando estava perto deles, dava pra ver a aureola, estava com um saia pequena e justa sem calcinha.Quando cheguei perto dele cada um gritava para eu ir na barraca deles, eu me divertia com isso, eu avisei que estava indo embora que seria o últimos dias ali, eles lamentaram muito,perguntou quando eu iria eu disse que seria nos próximos dias, mas que hoje sairia com uns amigos para despedir, eu aproveitei pra olhar as frutas eu vi que estavam atrás de mim eu fui olhar as frutas no fim da banca e dei uma abaixada de proposito eles viram, minha bunda toda, um até assoviou, eu fingi que não era comigo fiquei lá escolhendo as frutas, fui de barraca em barraca, agradei a ... todos, mostrava meus seios através do decote, rebolei.Claro que no fim não paguei nada, afinal mostrei o que eles queriam.A noite eu sai com meus amigos, fui vestida com um vestido vermelho curto, provocante, decotado, uma calcinha pequena bem fina, enfiada no rabo, pra delírio dos machos do local, dancei bastante rebolei, subi em cima da mesa, meus amigos tentando me agarrar, eu ria bastante, eu cansada acabei indo embora pra ,quando chegava com o carro perto de casa tinha carro atravessado no caminho, a rua estava deserta, eu achei estranho não havia ninguém, fiquei com medo e fui dar marcha ré, mas outro carro atravessou o caminho e desceram uns sujeitos, mascarados apontando uma arma pra mim, mandando eu descer, eu na hora achei que era assalto que iriam roubar meu carro, eu desci e ia passar a chave, mas veio alguém por trás e enfiou um pano em minha boca, eu não lembro de mais nada. Quando acordei estava com mãos e pés amarrados em uma cama, meus olhos estavam vendados, eu comecei a gritar, a porta foi aberta e entrei um sujeito que mandou eu calar a boca, eu continuei gritando estava em pânico eu levei um tapa na cara, levei um susto e me calei.Senti sua mão passar em meu corpo, eu então percebi que estava nua, eu fique me indagando quem seriam eles o que queriam. Ele então me fez cheirar o pano mais uma vez eu voltei a ficar sonolenta mas não ao ponto de dormir e sim sem reação, ele então falou podem vir, ela já está pronta, eu percebi que mais pessoas entraram no quarto, ...
«123»