1. Uma noite inesquecível


    Encontro: 25/05/2017, Categorias: Travestis, Autor: sandroblu, Fonte: ContoErotico

    Já havia algum tempo que eu saía com travestis, elas me excitam muito, são um misto de "mulher com algo a mais".Era tarde da noite, eu voltava de uma festa e resolvi passar no local onde elas geralmente ficavam.Para minha decepção, não encontrei nenhuma trans e já tomava o rumo de casa quando avisto uma morena parada ao lado da rua.Meu coração acelerou, olhei pelo retrovisor e percebi que ao longe vinham mais carros, a dúvida me cercou, alguém poderia reconhecer meu carro, mas o tesão falou mais alto como sempre.Parei o carro e perguntei o preço, abri a porta e ela entrou, recoloquei o carro na rua e pude observar melhor a morena.Tratava-se de uma transex mais velha, deveria ter seus 40 e poucos anos, um corpo delineado mas não era bonita, mesmo assim segui em frente.Chegando ao motel, entramos no quarto, deixei a luz do banheiro acesa e fui me lavar.Ela ficou na cama, e começou a tirar a roupa, ficando de blusa e calcinha.Voltei do banheiro e me sentei ao seu lado, abri sua blusa e pude ver seus seios hormonizados, deliciosos, caí de boca e mamei um, depois o outro.Eu estava de cueca e enquanto mamava seus seios, desci minha mão para o seu pau, ao sentir o volume na calcinha fiquei mais excitado, era muito grande!Ela me perguntou o que eu queria, já sabendo a resposta, disse que era passivo.Ela me beijou e tirou minha cueca, nesse instante, vendo meu pequeno pau disse que seria um pecado, comparando o tamanho dos nossos membros e que não queria saber, que iria me comer de ... qualquer jeito.Ela deitou-se e voltei a mamar nos seus seios e a punhetar seu pau que ficava cada vez maior.Me impressionou anão foi o tamanho, mas a grossura, algo que jamais eu tinha visto.A cabeça era menor que o corpo do membro, em comprimento deveria ter uns 18cm mas a grossura era realmente grande.Desci e comecei a mamar aquela tora, segurando com a mão e tentando colocar tudo na boca, aos poucos fui girando meu corpo e ficamos em um 69.Nesse momento senti sua língua no meu cuzinho, comecei a gemer, ela realmente chupou com muita maestria meu orifício anal, fui as alturas.Depois de algum tempo nos chupando, me levanto e deito de lado, ficando de costas para ela.Ela põe a camisinha e cola seu corpo no meu, encostando seu pau na entradinha do meu cuzinho, começando a roçar no meu orifício.Ela começa a chupar minha orelha e a dizer para relaxar que meu cuzinho seria dela e começa a forçar a entrada levemente.Continua a beijar meu rosto, minha orelha e a dizer que estava uma delícia.Senti a pressão do seu pau na entradinha e a cabeça dentro forçando a entrada, estava completamente entregue e relaxado.Os carinhos dela ao meu ouvido me deixavam completamente absorto e senti meu cuzinho se abrir deixando passar o enorme corpo daquele membro.Ela disse: está tudo dentro.Quase não acreditei que havia engolido todo aquele pau e mais, sequer senti dor.Ela começou um vai e vem lento, sem retirar o pau de dentro e eu sentindo muito prazer.Depois de algum tempo ela pede que eu foque de ...
«12»