1. COMEMORAÇÃO - BÊBADOS - ROLOU OUCURAS


    Encontro: 21/05/2017, Categorias: Fetiches, Autor: carametade50, Fonte: ContoErotico

    O patrão da minha mulher ganhou uma promoção, para comemorarmos fomos há um barzinho, minha mulher e o casal de patrões tomaram todas, eu fiquei de motorista da rodada, lá pelas 2h voltamos para o apto deles, chegamos e começamos a tomar umas cervejas, claro eles ficaram mais porrados ainda, minha mulher tirou a roupa abriu a bunda e me mostrou, aqui corninho, olha meu cu arrombado pelo meu macho gostoso, eu abaixei e comecei a lamber seu cu...a patroa puxou o patrão para o quarto, quando voltaram ela nua e ele de calcinha vermelha, começamos um esfrega geral, então segurei o pau do patrão, levei na direção do cu de minha mulher e falei, vai enraba que ela adora, ele enterrou tudo de uma vez, a patroa tirou minha roupa e caiu de boca no meu pau, depois me sentou no sofá, puxou minha mulher fez ela sentar com a buceta engolindo meu pau, o patrão veio e enterrou em seu cu, que delicia de DP, a patroa colocou a buceta em minha cara e chupei gostoso, então o patrão gozou encheu o cu da minha mulher de porra, mandou ela sair do mau pau, puxou a calcinha de lado e sentou nele, falou pra elas, meninas vejam que delicia, eu com este pausão todo sentado levando pica no cu...o danado com o efeito da bebida rebolou muito, ate que gozei enchi seu cu de porra, ele então mandou a mulher lamber, falando, ... vai sua putinha lambe o gozo do teu macho, vai.assim ela fez....continuamos a beber e no final eles jpá nem sabiam mais o que estavam fazendo, o patrão tentou comer o cu da patroa, ela não deixa pois diz que o pau dele é enorme e machuca muito, o que é verdade, minha mulher já dormia...a patroa então começou a mamar o pau do patrão, ele pedia, quero cu, quero cu...eu vendo aquela cena fiquei de pau duro e com inveja dela, queria estar ali mamando ele, ele ficou quieto ela foi cansando, então fui tirando ela de lado, ela virou e dormiu, eu aproveitei e cai de boca, mamei muito, lambi, suguei aquela cabeçorra gostosa, ele só gemia falava enrolado, quero cu..então fui a cozinha peguei o pote de margarina, seu pau já estava adormecendo, então cai de boca novamente, quando ficou durissimo, lambuzei de margarina, passei bastante no meu cu, virei ele de lado, deitei entre ele e a patroa, enterrei meu pau no cu dela, encostei a cabeça do pau dele na porta de meu cu, falei vai mete, ele empurrou a cabeça entrou, que dor do caralho, o danado mesmo bêbado sabia que era eu, não deixei ele empurrar tudo, como ja contei em outros contos não aguento...ficamos assim ate ele adormecer, quando seu pau amoleceu tirei com calma.....meu cu ardia demais......então soquei no cu da patroa adormecida e gozei......
«1»