1. Amando o Inimigo Cap.2


    Encontro: 21/05/2017, Categorias: Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, jantar, Briga, Zoeira, Teens, Trabalho, Romance, inimigos, Autor: William, Fonte: CasadosContos

    Mãe: Se conhecem? Eu: Sim, ele é da minha sala. Senhora: E por que não estão alegres? Adryan: Claro que estou, William também está não é? Percebi que ele não queria que nossos pais descobrisse que não nos davam muito bem. Eu: Sim, meu amigo. Pai: Que bom. Eles começaram a conversar e enquanto os empregados faziam a janta, eu decidi me retirar, odeio ficar com adultos. Eu: Licença eu irei para o meu quarto. Adryan: Vou ficar aqui também não, vou com você. E sorrio, era lindo, porém completamente falso. Nos retiramos e fomos para meu quarto, não conversamos nada, apenas andamos. Chegamos no quarto. Eu: Por que você está aqui? Adryan: Pode ter certeza que preferia estar em casa. Eu: Por que não está? Adryan: Obrigado a vir... Eu: Entendi. Adryan: Só não se aproxime muito. Eu: Eu não vou, mas por que? Adryan: Você é gay. Eu: Belo Foda-se. Adryan: Eu sei que você quer ser fodido, mas não vai ser comigo. Eu: Olha, você já me irritou, cala a droga dessa boca. Adryan: Você é estranho. Eu: Mais um comentário, e eu juro que tiro esse sorriso da sua cara. Adryan: Só vim. Pulei da cama no mesmo momento, fui dar um soco nele, não deu certo, ele desviou. Adryan: Ficou nervosinha? Aquilo me irritou, comecei a dar soco nele varias vezes, até ele cair, só que quando ele caiu me puxou e eu fiquei cara a cara dele. Ele corou, percebi que ele estava com vergonha. Eu: Chega disso. Me levantei e comecei a chorar em silêncio, eu sempre era assim, chorava por me zoarem. Adryan: Desculpa. Eu: Sai de ... perto. Adryan: Sério eu estava brincando. Eu: Chega. Limpei minhas lágrimas, e sentei na cama de novo. Adryan: Cara. Eu: Sai de perto. Priscila bateu na porta do quarto. Priscila: Meninos, o jantar está pronto, seus pais estão te esperando. Eu: Vamos. Estava com raiva de Adryan, iria aplicar todas as forças para irritar ele. Sentei em minha cadeira e Adryan na minha frente. Eu: Engraçado Adryan, você disse que estava com nojo de comer aqui. Adryan: Eu estava com nojo de você mesmo. Mãe: William, comporte-se. Senhora: Adryan que mal educação é essa? Postura. Eu: Ah, então ele nunca te mostrou esse lado? Pois é o Adryan está com umas palavras tão feias na boca. Adryan: Não fico dizendo seu nome toda hora. Mãe: William Franco Junior. Senhora: Adryan isso é Verdade? Pai: William, Pare com isso. Senhor: Calma amor, depois conversamos. Eu: E tem mais, ele até me atropelou de Skate hoje, porque eu disse para ele não responder o professor. Ele se irritou e ficou de pé. Adryan: Chega. Me levantei também. Eu: Ficou Nervosinha?- disse fazendo aspas com os dedos. Mãe: William, chega vai para o seu quarto agora. Eu: Desde que eu não olhe mais essa cara sínica. Adryan: Infantilidade. Peguei uma taça de vinho que estava na minha frente e joguei nele. Pai: William, Vai para o quarto agora. - Gritou. Saí dali, provavelmente eles iriam me por de castigo, mas valeu a pena, ele merecia isso. Meia Hora depois meus pais chegam no meu quarto. Mãe: Que Showzinho foi aquele? Eu: Ah gostaram? Foi de ...
«12»