1. Primeira vez que segurei um pau


    Encontro: 20/05/2017, Categorias: Masturbação, Autor: Mineirinha94, Fonte: ContoEroticoComBr

    Olá pessoal, Esse é meu primeiro conto aqui por isso quero me apresentar antes de começar. Meu nome é Marcela, hoje tenho 22 anos. Moro no interior de Minas Gerais mas fui criada na capital, BH. Faço faculdade de Agronomia em Lavras-MG. Meu namorado se chama Renato, em 25 anos mas apresentarei ele com mais detalhes nos próximos contos. Sou morena clara, cabelos bem cumpridos, 1,70m, hoje peso 55kg. Tenho seios médios e bunda grande. Me considero uma menina bonita. Meu primeiro conto aconteceu quando eu ainda morava em Belo Horizonte, tinha 15 anos. Fui criada num bairro tranquilo, onde podíamos brincar na rua, correr pra todo lado sem problemas algum. Acabei fazendo amizade com o pessoal da minha rua e tinha 4 meninos que viraram meus melhores amigos, o Juan, Neto, João Paulo e o César. Crescemos brincando juntos, jogando video game, brincando de pique, jogando futebol. Eu era um molecona mesmo. Mas o tempo foi passando, fomos desenvolvendo e começamos a nos olhar com outros olhos. Quando eu tinha 15 anos, uma vez por semana o César ficava dormia sozinho em casa, pois ele só morava com a mãe dele e ela fazia um curso em outra cidade, então sempre íamos para a casa dele. Nessa época eu máximo que eu tinha feito era dar um beijo num menino da escola. Certo dia fomos jogar vídeo game, futebol no Playstaion 2. O César propôs de fazermos uma aposta de sempre que o outro perdesse o ganhador podia escolher uma prenda para que o outro pagasse. E começamos. Primeiro jogo eu ganhei do ... João Paulo e pedi para que ele fizesse 10 flexões e ele quase morreu pra fazer. Rimos muito. Segundo jogo ganhei do Neto. Pedi pra ele imitar um macaco. Choramos de rir da imitação dele. Agora seria César. Sabia que ia ser difícil. Ele era o dono do jogo. Perdi. Daí ele disse: – Marcela, quero que você fique esperando sua vez só de calcinha e sutiã. – hahahaaha Para com isso César. Pede uma prenda séria aí. Para de brincar. – Não tô brincando Marcela. Trato é trato. Ganhei e posso pedir o que eu quiser. – Para César, por favor. – Marcela…se você não tirar não conversaremos com você nunca mais. – Tá bom César. Morrendo de vergonha tirei minha blusa e meu shortinho. Eles ficaram hipnotizados. Babando em mim, acho que foi primeira vez que viram uma menina pelada ao vivo. Mas os jogos seguiram. Eu lá de calcinha e sutiã. Comecei a perceber que todos estavam com um volume enorme na bermuda, isso foi me deixando muito excitada. O Juan estava sentado no sofá do lado, colocou uma almofada por cima do pau e dava pra ver o movimento da mão dele. O César viu e começou a zoar: – Que é isso aí Juan? Vai no banheiro cara. kkkkk – Tô fazendo nada não ué./ Disse o Juan bem sem graça. O Neto levantou e puxou a almofada e pegou o Juan com o pau pra fora, quase estourando de tão duro. Neto disse: – Que isso Juan? O louco… Cesar disse: – Olha Marcela, como você deixou o menino. Eu disse: – Para gente. Que bobeira, vocês estão me deixando sem graça. (Eu nunca tinha visto um pau ao vivo, aquilo me ...
«12»