1. 2 - Rafa trans japinha - Primeira experiencia sexual


    Encontro: 20/05/2017, Categorias: Lésbicas, Gays / Homossexual, Iniciação, Travestis, Gays / Homossexual, Autor: Rafa trans japinha, Fonte: CasadosContos

    Olá, aqui é a Rafaela Yurie, eu sei que todos estão esperando as partes mais calientes, mas já chegamos lá. Quando chegar essa parte juro que vão até cansar de ler sobre esse assunto rss. Essa é a segunda parte do conto, peço que para entender olhem a primeira parte. Enfim, vamos a continuação... Nossa, me deu um choque na hora, vai que ele acabou descobrindo onde eu deixo o sutiã e a calcinha? Vai que ele fuçou meu PC? Nossa eu sai correndo para meu quarto e deixei minha mãe falando sozinha. No curto caminho pensei muitas coisas, pensei no que falar e como explicar e quando eu abro aporta Lucas sentado na minha cama me esperando. Lucas me olhou assustado e falou: - Nossa Rafa que susto! Dei uma risada sem jeito, mas com o coração acelerado e perguntei: - Oi Lucas, o que estava fazendo? E ele falou com uma cara de desconfiado: - Nada cara, relaxa só estava te esperando. Nossa, na hora fiquei aliviado, porém com um pouco de receio. Falei para ele descer para comer algo. Minha mãe tinha preparado a mesa, estavam presente eu, Lucas, minha mãe e minha irmã Juliana. Cada movimento dele mexia comigo e ao mesmo tempo eu pensava “Bom, se ele não foi embora ou não falou nada é porque não viu nada.”, apesar de desconfortável comecei a ficar mais relaxada. Conversamos coisas bobas, até que a Juliana minha irmã falou: - Lucas, fazendo muito sucesso com as meninas? Meu irmão pelo contrario, acho que não consegue ficar com nenhuma menina. (Ela perguntou, porque já desconfiava de mim, ... por um motivo que vou explicar mais tarde). Olhei para ela com uma cara com raiva e Lucas apenas riu e falou: - Ju, capaz. O Rafa é come quieto. Ela deu risada, minha mãe tadinha nem sabia o que era isso. Bom fiquei feliz pois agora tinha certeza que ele não viu nada. Passamos o dia inteiro jogando, nem conversava muito. Cansamos de jogar e começamos a conversar coisas bobas, até que o Lucas falou: - Cara, não fique bravo comigo, mas acabei vendo suas pornografias. (Fiquei sabendo que era através da pasta chamada Locais e a pasta que estava escondida estava aparecendo) Fiquei meio sem reação, não sabia se corria ou se tentava bater nele ou se chorava. E nisso ele levantou e falou: - Cara, relaxa nem se preocupe. Não vou contar para ninguém. Você sabe que quero seu bem. Afinal é normal as pessoas esconderem algo. Fiquei meio em choque, nem sabia o que falar. Lembro que falei coisas como: - Lucas, me promete que não vai contar para ninguém. Faço qualquer coisa. Lucas vendo minha situação bateu no meu ombro e falou: - Relaxa Rafa. Não quero nada não, apenas joguei limpo com você. Com isso fui me acalmando e fiquei feliz porque tinha um bom amigo. Vendo que a situação estava mais calma, ele começou a fazer perguntas: Lucas: Rafa, pensei que eram boatos a história de você ser gay. Alguém sabe sobre isso? (Por ser mais feminino, algumas pessoas falavam que eu era gay) Eu: Não sei se sou gay, você sabe que eu gostava de meninas e não gosto de nenhum menino, apenas acho lindas as ...
«123»