1. Pós Festa


    Encontro: 19/05/2017, Categorias: Sadomasoquismo, sadomaso, Inversão, Strap on, Humilhação, Autor: Escravo da Monalize, Fonte: CasadosContos

    Chegamos ao hotel, depois de uma festa incrivel, e minha Rainha estava com um sorriso enorme no rosto. Passando pelos corredores do hotel até o quarto, ela ria alto, e comentava as cenas até então impensáveis, que acabavamos de presenciar em uma festa onde ela tinha acabado de arrasar e ser o centro das atenções com seu escravo. No grupo do Whatsapp, o assunto mais comentado, era o show da minha deliciosa Rainha. Eu ainda estava suspirando e degustando cada momento que tinha se passado, minhas pernas ainda estavam tremulas pela adrenalina da festa, observava todo bobo, minha Rainha feliz, e seguia pelo corredor, ansioso por passar a noite com minha Rainha. Ao chegarmos até o quarto, abri a porta, e me curvei dando passagem a minha Rainha, mas ela ficou parada, na porta, ainda fora do quarto. Achei estranho, e lhe convidei para entrar: - Venha minha Rainha! - eu disse. - Você está me dando uma ordem?? - ela questionou severamente - Claro que não minha Rainha, de forma alguma! - eu respondia já temendo ter lhe magoado. - Ah que bom!! Tire a roupa primeiro! - ela ordenou. - Mas senhora... a porta está aberta... alguém pode passar e me ver.... - TIRE A ROUPA AGORA! NÃO VOU REPETIR! VOCÊ QUER QUE EU GRITE PARA TODOS OS OUTROS QUARTOS ESCUTAREM? - Não senhora! - e eu começava a tirar minha roupa rapidamente, apressado, cheio de medo de ser flagrado nu por algum hóspede ou funcionário do hotel. - AGORA SIM! Durante todo o momento em que estivermos no quarto, quero você NU, ... entendeu? - Sim senhora! - Muito bem! Não se esqueça em nenhum momento, o verme que você é, e não se esqueça que eu sou sua dona e sua Rainha! Você é um lixo desobediente que não serve nem para ser um escravinho de merda... nunca me obedece! - Sim senhora, me desculpe - disse, com pressa, ansioso para entrarmos logo no quarto e fechar a porta... - Mas hoje, vai ser diferente, estamos só nós dois aqui neste quarto, e você vai ter que servir como Eu quiser... não tem desculpa... não tem como me negar nada! Vamos ver o quanto meu escravinho pode ser obediente! - Sim senhora! - Ta com pressa escravinho? - minha Rainha ria e se divertia - Deite no chão meu capacho! Quero limpar meus pés em você antes de entrar no quarto! - Sim senhora! - respondi, me deitando no chão de bruços. Ela pisou com o seu sapato do pé direito em minhas costas, dei o primeiro gemido de dor da noite, e ela então foi entrando no quarto, desfilando, rebolando, poderosa, imponente, tirando novamente seu sobretudo, revelando sua lingerie, estilo dominatrix, que fez o maior sucesso na festa. Olhar para a bunda da minha Rainha, compensava, qualquer tipo de dor. - Pode levantar escravo, e pode fechar a porta! Depois, ajoelhe-se aqui! - ordenou minha Rainha. Ela colocou sua bolsa com suas "ferramentas" sobre a mesa. O primeiro objeto que retirou da bolsa, foi a coleira. - Durante todo o tempo em que estivermos no quarto, você vestirá essa coleira para lembrar que é meu! Que é meu cachorro! Que é minha cadela! Entendido? - ...
«1234»