1. Aproveitando no onibus


    Encontro: 19/05/2017, Categorias: Com Fotos, Fetiches, Autor: Kleber marques de spuza, Fonte: ContoEroticoComBr

    Ola,me chamo kleber,o que me levou a escrever esse conto para vocês é que os conteúdos que eu lir os contos de outros e persebi que eu nao era o único a fazer essas coisas. Começando eu tenho um fetiche em fazer sexo com outra em um onibus publico,mas como isso nao é pócivel,eu me contento com as posibilidades que acontece,eu trabalhava em um restaurante no centro de sao paulo,meu horário era das trez da tarde até as dez e meia da noite,entao isso fazia com que eu pegasse o meu onibus nao muito cheio e nem muito vazio,até que um dia eu sentei do lado de uma mulher negra gostosa e alta,tinha uma carinha muito safada,sentei do lado do corredor e ela estava do lado da janela,ai eu coloqui minha bolça no meu colo e crusei meu braço de forme que minha mão esquerda estivesse quase nas pernas dela mais ensima quase na sintura,entao percebi que a bolça dela tambem tava no colo,entao se eu esticasse mais minha mao em direçao as parte intima dela ninguem mais do onibus iria ver por conta das bolças,entao foi o que eu fiz,mas é claro que fui fazendo isso aos poucos,entao eu pensei que se ela nao quizesse ela afastaria,mas nao,ela chegava cada vez mais perto de mim ajudando minha mão boba,ai foi me dando mais tesao e mais coragen até que uma hora estava perto do terminal de ônibus,mas minha mão ja estava perto da buseta dela,para mim nao perde a viagen maravilhosa antes de deser eu encaixai ainda mais minha mão na buseta dela e ela deixando,e a gente finjindo que nada tava ... acontesendo apenas estavamos sentados juntos,na hora de deser fui pegar outro onibus em direçao a minha casa entao depois dai pensei que nunca ia aconteser denovo,até que um dia eu peguei o mesmo ônibus e la estava ela no mesmo lugar sentei do lado dela e fiz a mesma coisas,coloquei minha bolsa no meu colo e por baixo da bolsa eu crusei meu braço colocando minha mão esquerda na perna dela,so que desta vez com mais coragen,aliais eu ja sabia que ela gostava,e nao deu outra,ela foi chegando cada vez mais perto e eu cada vez mais colocando minha mão boba em direçao a buseta dela,nossa aquilo foi me deixando com um tesao tao grande e com um calor e minha respiraçao mais ofegante,e persebi que ela tambem estava assim,nao tava nem na metade do caminho minha mão ja estava na buseta dela,entao comesei a da umas apertadas e sentia a perna dela tremendo,até que ouve uma surpresa ela encostou mais no banco e abriu bem as pernas,me deixando com minha mão boba avontade,e assim foi mais um dia,se passou quase uma semana de trabalho e rotina até que um dia eu peguei o mesmo ônibis e lá estava ela denovo kkkk ai que delicia so de ver ela sentada me esperando ja me dava um tesao,entao sentei ao lado dela e fiz a mesma coisas,quando derrepente uma surpresa,nao tava nem na metade do caminho denovo e eu ja estava com a mao na buseta dela,mas a surpresa é que ela estava com sua calsa desabotuada,entao fui bem de vagar e tremendo de tesao colocando a minha mao por dentro da calsa e senti a calsinha dela ...
«12»