1. Foda na madrugada...


    Encontro: 17/05/2017, Categorias: Travestis, Autor: encoxadorkarioca, Fonte: ContoErotico

    Dessa vez vou contar uma das minhas aventuras de quando eu trabalhava como segurança em um hospital do centro do Rio. Eu trabalhava no turno da noite e depois da meia-noite sempre rolava um revezamento entre o pessoal pra gente dar uma descansada.Eu sempre escolhia ir no segundo horário, ás 02:00 da manhã, pois era nesse horário que as ruas do centro estavam fervendo, altas putarias rolando na madruga. E eu sempre dava um rolé procurando me dar bem.Certa vez, num domingo desses da vida, estava eu perambulando pela Av. Passos e já quase chegando na Praça Tiradentes, (acho que era na travessa belas artes se não me engano), eu vi uma travesti linda.Ela tinha estatura mediana, uns 1,70 mais ou menos, branquinha, cabelo curto estilo chanelzinho.Rostinho de princesa mesmo. Ela trajava uma blusa tomara que cai, amarela e estava com uma saia preta curtíssima, exibindo aqueles coxa maravilhosamente torneadas.Quando eu a vi, desacelerei o meu passo e fiquei encarando ela com cara de safado.Ela se virou e levantou a saia, mostrando uma bunda grande, carnuda, lisinha. Ela usava uma calcinha fio dental branca, que me deixou louco de tesão. Ela era realmente linda, um tesão.Ela deu um sorrisinho safado e me chamou. Logicamente fui até ela e fui logo passando a mão naquela bundona linda e nossa, como era macia e convidativa.Ela me perguntou se eu estava afim de fazer um programa com ela. Confesso que não curto muito sexo pago. Não tenho tesão. Mas ela era tão gostosa que acabei perguntando ... quanto era. 20 o boquete e 30 pra fodê-la. Como eu só tinha 20 na carteira, coloquei a piroca pra fora e ela começou a mamar deliciosamente.Quando ela começou a me chupar gostosamente, com aquele rostinho lindo de menina, eu fiquei excitadíssimo. Ela mamava gostoso, com vontade e sem pressa. Tinha prazer no que fazia e fazia gostoso. Comecei a apalpar os peitinhos dela e apetava de leve os bicos.Vi que ela tinha ficado toda arrepiadinha.Como não sou muito de gozar com boquete, pedi pra ver a bunda dela enquanto eu batia uma gostosa punheta pra terminar o serviço. Ela solicitamente virou de costas pra mim, meio de lado, levantou a sainha e deixou aquela bundona sensacional á vista.Comecei a me punhetar e com a outra mão alisava aquela bunda linda, sentia a textura macia, lisinha, o contorno redondinho, perfeita. Não resisti e comecei a beijar a bunda dela e passar a lingua e vi que ela gostou. Então comecei a passar a lingua na fissura da calcinha, bem proximo da beirola do cuzinho dela.Ela soltou um suspiro e tirou a calcinha de lado. Fiquei aluciando de tesão e comecei a dar linguadas no cú dela. Metia a lingua bem fundo, encharcava de saliva aquele cuzão delicioso. Que gosto bom que aquele cú tinha.Ela ficou excitadíssima, se apoiou na parede e empinou aquele rabão pra mim. Na hora entendi que era um convite. Minha excitação era tanta, que não pensei duas vezes e enterrei minha piroca duríssima naquele rabão. Meti até o saco. Afundei tudinho. Ela deu uma gemida gostosa e se ...
«12»