1. Ensanduichado por Peitões Divinos! (Thalia e Alê)


    Encontro: 15/05/2017, Categorias: Travestis, Autor: arandela, Fonte: ContoErotico

    (...continuando minha série de contos sobre Thalia e eu. Para acompanhar toda a história basta ler na ordem cronológica em que cada parte foi lançada na minha lista de contos.) ^^Aquele fim de semana que descrevi ao longo dos últimos 6 relatos (sim, foi algo tão intenso que precisei dividir 2 dias em 6 partes!), foi umas das coisas mais intensas que já tinha passado na vida! Começando com o menáge à tróis com a safada da Alê, passando por muita meteção por parte da Thalia no meu rabo depois que a loirinha foi embora, literalmente quebrando a cama de tanto transar, e terminando com um “Café da Manhã Surpresa” delicioso e um banho com ainda mais sexo de tirar o fôlego!Depois de tudo isso, eu e Thalia finalmente sossegamos um pouco e saímos juntos para comprar uma cama nova para o quarto dela. Ela vestiu uma sainha jeans que cobre muito bem o seu dote imenso entre suas pernas, e um topzinho vermelho que exalta seus seios volumosos, enquanto eu usei uma muda de roupa que já tinha deixado na casa dela. (Nosso relacionamento já estava ficando sério a ponto de eu deixar mudas de roupas, escova de dentes e tal lá.)Passamos o resto da manhã indo de loja em loja, procurando por uma cama robusta que não fosse quebrar com a intensidade do nosso amor. Achamos uma de madeira bem espessa e de um tamanho bem grande, com colchão King Size pra poder caber mais pessoas mais fácil (O que seria ótimo para quando a Alê viesse se divertir conosco de novo!)Compramos cama com colchão e tudo, ... incluindo lençóis novos e cobertores, já que os antigos dela estavam completamente banhados de porra. Fiz questão de pagar metade de tudo, mesmo estando meio apertado de dinheiro naquele momento, pois se não fosse por mim a cama não teria quebrado. Thalia não queria me deixar pagar de jeito nenhum, mas a convenci dizendo que queria que aquela fosse a NOSSA cama, não a cama dela. Ela sorriu toda feliz com isso e me beijou no meio da loja, me deixando rachar a conta na metade, mas falando que ia me recompensar pelo cavalheirismo com muito “amor e carinho” nesse nosso novo “ninho de amor”!O único problema, porém, era que a cama demoraria 2 semanas para ser entregue pela marcenaria deles que ficava em outra cidade, e até lá isso significaria bastante sexo no colchão direto no chão. Não que me importasse, pois não dou a mínima de transar num hotel de luxo ou em cima de um barranco, o que importa é o calor intenso do corpo sexy da minha namorada super fofa, super gostosa, e super dotada!…O resto da semana se seguiu sem muito o que falar. Fui trabalhar com o rabo ardendo e dolorido, como sempre, mas ainda sim dei meu jeito de sair cedo do trabalho quando pude para vê-la. Já disse que ela mora bem longe e é difícil de chagar lá com todo o trânsito da Grande SP, levando quase 3 horas para atravessar a cidade, mas tem hora que a saudade bate forte demais. Queria eu arrumar um emprego mais perto dela pra poder vê-la com mais frequência, ou que ela pudesse se mudar para mais perto de mim, mas na ...
«1234»