1. Apaixonado pelo cara que divide apê comigo 24


    Encontro: 10/05/2017, Categorias: Paixão, Amizade, Atração, Amor, morar junto, Universidade, Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Autor: Zacry, Fonte: CasadosContos

    Eu preciso que você venha pra cá filho!- disse com a voz estranha - Mas porque mãe? - Seu pai meu filho...capotou a caminhonete e está no hospital...Juan não para de pedir você pra mim. Estou com medo de que se ele ficar deprimido...você sabe o que volte - Como assim capotou mãe?- Yuri olhou rápido pra mim quando disse isso - Capotou! - Mas como está?- perguntei apreensivo - Acho que se fosse algo tão simples eles já haviam me comunicado...eu não sei- disse frustrada- por favor...a gente precisa de você e principalmente seu irmão- eu não acreditava no que ouvia...não era possível. - Tá bom mãe. O mais rápido possível, estou aí- disse desligando e parando pra processar. Yuri se aproximou de mim, ficando em frente: - Quem capotou?- perguntou segurando meus braços - Meu pai...e meu irmão não está bem com isso- digo analisando melhor a situação com as primeiras lágrimas vindo aos meus olhos. A cena seguinte foi eu, mergulhado em lágrimas no aperto forte dos braços de Yuri. Ele se sentou, comigo em seu colo na nossa cama, enquanto beijava minha testa - Tudo vai ficar bem meu pequeno...confia- diz baixinho no meu ouvido - Não sei Yuri, não sei...eu tenho que arrumar minhas coisas. Minha mãe pediu pra mim ir pra lá, porque meu irmão está pedindo por mim e é melhor logo eu estar lá- digo saindo do lugar e indo pegar uma mala minha pra levar algumas poucas roupas, pois lá, eu teria. Voltando pro quarto, vejo meu namorado com uma mala sua e na mão alguns pares de meias e cuecas - Pra ... que isso Yuri?- digo colocando a minha mala no chão - Eu não vou deixar você ir sozinho, ainda mais nessa situação, precisando de mim- falou colocando na mala aquilo em sua mão e pegando mais - Yuri...fica. Você tem aula, tem sua família aqui...eu não vou demorar muito acho- disse vendo ele se aproximar de mim pegando em minha mão onde estava a aliança - Isso significa compromisso. Compromisso de fidelidade, de amor e de ver o seu parceiro bem. Eu seria um monstro se deixasse você ir sozinho. Mesmo se não fossemos namorados e tivéssemos só ficando, eu iria com você. Agora deixa eu terminar aqui...não acha melhor você colocar suas roupas com as minhas, já que vai levar pouco?- perguntou voltando aos seus afazeres. Parece que iria viajar acompanhado mesmo. Coloquei nossas roupas juntas, enquanto Yuri ligava pro aeroporto vendo as passagens. Eu estava ainda meio anestesiado com a notícia e com a correria agora, que nem parei pra refletir sobre tudo ainda. E quando eu parasse...era bom ter Yuri por perto mesmo. Estávamos já no aeroporto esperando nosso embarque. Eram 03:26 da madrugada. Havia avisado meus amigos daqui e Yuri a sua família. Enquanto não embarcávamos, ficava sentado no colo do Yuri, tentando não pensar em nada, para não chorar. Mas foi inevitável. Percebendo isso, ele me apertou mais forte e deixava uma caminho de selinhos por meus cabelos: - Não importa o que acontecer. Lembre-se, seu homem está aqui- diz baixinho em meu ouvido - Você é uma das melhores pessoas que ...
«1234»