1. Meu melhor Amigo


    Encontro: 08/05/2017, Categorias: Virgens, Autor: vagnerlove, Fonte: ContoErotico

    Era um lindo domingo, quando minha mãe resolvem viajar, eu como filhar única fiquei sozinha em casa, então resolvi liga pra meu amigo, não demorou 30 minutos ele já tava em minha porta, ao convidar ele pra entrar percebi que ele não tirava os olhos dos meus lindos peitinho. Precisava tomar banho, então o deixei assistindo e fui tomar banho, ou decorrer do banho pude perceber que meu amigo tava brejando pelo buraquinho da porta, eu resolvir provocar e comecei a passar a mão pelo meu corpinho todo e a acaricia minha xaninha que ja tava ficando muito exitada, mas porém meu amigo derrubou seu celular fazendo bastante barulho no que le deixou bem nervoso, pus a toalha fazendo de conta que não tinha visto ele mim olhando, fui para o quarto e de propósito e gritei ele de dentro do meu quarto.Ele veio correndo igual um cachorro no cio.Eu sabia que aquilo não era certo po, eu disse mas vc é puro tensão e não devemos fazer isso mas vc me respondeu:- Pior seria ficarmos sem atender este desejo insano que sentimos um pelo outro.Jogou-me no sofá que tem no meu quarto começou tirar delicadamente minha roupa, mordia meus lábios e estava de olhinhos fechados ,não resisti e comecei a encostar meus lábios na sua nuca e sentir sua respiração ficando cada vez mais forte beijei-o suavemente durou alguns segundos e começamos a nos apertar,me deu um baita beijão molhado nossa que macho delicioso de tirar o folego!Então deitou-me no sofazinho e tirou a minha calcinha vermelha e lá estava minha ... bucetinha toda molhadinha, chupava gostoso ,minha bucetinha rosadinha linda,lisinha ,raspadinha ele me pediu:-Pra mamar no seu cacete, caraca que delicia eu chupava e gemia gostoso.Logo, vc direcionou sua pica e me fez engolir de uma vez só com vontade louca engolir e comecei a chupar achei que vc ia gozar naquele instante segurei seus cabelos e comecei no vai e vem cada vez mais acelerado vc disse nossa, que boquete delicioso. Eu respondi:– Vem meu macho gostoso meu putinho adorável vem quero que vc me foder e ali mesmo transamos loucamente sobre o sofá continuei aquele vai e vem gostoso enquanto fazia o vai e vem sua boca chupava meus seios com muito tesão, mordendo os biquinhos com gosto vc sentia tanto tesão parecia que ia gozar então eu lhe disse :– Hoje você vai gozar muito seu cachorro seu puto caralho que delicia que tesão que delícia,ele percorria sua língua pelo meu corpo todo.Ele abriu o zíper da bermuda, e eu o senti contra mim. Ja não havia tensão, nem medo. A sensação do membro dele esfregando minha buceta era incrível. Não importava a dor, eu o queria dentro. Ele tinha cuidado, me beijava, e continuava a passar o pau por cima.. Finalmente ele removeu minha calcinha, tirou a cueca, e ficou "pincelando".. Eu gemia muito.. Estava muito molhada. Sentia o pau dele quente, pulsante .. Então, me beijou, e me penetrou, numa estocada só.. Nao sei se doeu a penetração propriamente em si, ou o susto do ato, mas doeu. Nada que nao pudesse suportar, mas nao era a melhor sensação ...
«12»