1. O cuzinho virgem da minha leitora do site,delicia


    Encontro: 05/05/2017, Categorias: Virgens, Autor: soul, Fonte: ContoErotico

    Faz pouco tempo conheci , uma moreninha incrível seios espetaculares, cabelos pretos longos e uma carinha de menina sapeca ............ eu pretendia fazer das tripas o coração para viajar , apenas para degustar aquela linda prexequinha carnuda que ela me enviou por foto.Foi só trocarmos fotos e as primeiras palavras e já estávamos gozando loucamente imaginando como seria, enfim, ter nosso primeiro encontro.Eu já estava planejando minha viagem para degustar da novinha, quando minha doce morena proferiu aquelas palavras que eu jamais irei esquecer:“Guardei um presente pra você…”- “Qual presente, delicinha?” “Meu cuzinho ainda sou virgem , eu o guardei pra você Paul , quero dar ele só para você.”Marcamos um encontro em um shopping da cidade, e lá estava ela no horário combinado, deliciosamente sedutora com um batom vermelho escuro, os cabelos deliciosamente arrumados e um vestido preto sem manga colado ao corpo.Quando ela sorriu, notei que agora ela usava aparelho nos dentes, e aquele pequeno detalhe deixava-a ainda mais de acordo com os meus desejos.Como era deliciosa aquela moreninha, leitor. Trocamos apenas algumas palavras antes de nos beijar de forma ardente, suficiente para metade de seu batom repousar agora em meus lábios.Apenas com o beijo o tesão fluiu forte em nossos corpos, meu volume se tornou quase indiscreto na calça e eu tinha a plena certeza que a prexequinha da morena estava molhada.E eu precisava sentir o mel e o calor daquela doce bucetinha, mas não poderia ... fazer isso ali na frente de todos. Sugeri que fôssemos para o meu carro da Localiza Rental , e ela prontamente aceitou, pois aquilo já havia sido previamente combinado.Chegando lá, como o carro estava estacionado em uma vaga escondida, joguei a moreninha de encontro ao carro com as costas viradas para mim. Imediatamente fui embaixo de seu vestido e localizei sua bucetinha por trás.Eu beijava seu pescoço e sentia como estava úmida aquela calcinha, algo realmente sensacional.Enquanto mordiscava a orelha da moreninha e beijava sua boca, masturbei sua deliciosa prexequinha carnuda por cima da calcinha, sentindo seu néctar e seu calor em meus dedos, enquanto ela ensaiava uma rebolada.Em seguida afastei a calcinha para o lado e enfiei um dedo em sua apertada intimidade, mas quando eu me preparava para socar, ela pediu para entrarmos no carro pois alguém poderia ver o que fazíamos do lado de fora.Entramos no carro e imediatamente investi em seu discreto decote, trazendo um dos volumosos seios para fora e abocanhando-o, passando a língua ao redor do biquinho enquanto a novinha se arrepiava. Trouxe o outro seio para fora e me dediquei aos dois, lambendo um depois o outro, e em seguida abocanhando para chupar firme aqueles peitos tão incríveis.Em seguida ela me puxou pela cabeça e pediu beijo, que eu não neguei, mas beijei-a retornando meus dedos para aquela deliciosa bucetinha, que se encontrava ainda mais molhada,e aceitava dois de meus dedos com facilidade, tamanha a lubrificação ...
«1234»