1. Raquel PARTE 1 ( como me tornei puta)


    Encontro: 18/04/2017, Categorias: mestre, Namorado, humilhada, Sadomasoquismo, Puta, Estupro, Filho, Teens, Grupal, Autor: RAQUEL, Fonte: CasadosContos

    gritos ... cobrimos nossos ouvidos com travesseiro ate sessar os barulhos No outro dia desperto muito cansada devido a briga da noite ... acordo antes mesmo dos galos cantarem visto meu shortinho e uma blusa de frio saiu de casa ... e vou caminhando pelo caminho escuro ate o posto é uma longa caminhada naquele frio castigante do rio grande do sul minhas pernas congelam nessas horas que eu gostaria de ter uma calça .. na rua um breu e não vejo ninguém ....sinto medo mas continuo a caminhar passo pelo pequeno centro onde todas as lojinhas e bares estão fechados e sigo pelo meio da roça para pegar o asfalto e chegar ao posto beira de estrada....apos muita caminhada e estar exausta chego ao posto ... vou ate a loja de dentro e finalmente recebo um ar quente do aquecedor e começo a conversar com Jorge o dono do posto ... ele diz que o trabalho é simples que ele iria me ensinar a abastecer os caminhões e a servir mesas já que naquele tempo de copa muitos paravam lá para beber e ver os jogos da copado mundo e que eu receberia 100 reais por mês para esse trabalho e que já tinha combinado com meu pai de pagar a ele o dinheiro ... o Jorge era um senhor já bem velho e não tirava os olhos de mim oque de perto me deixava bem cheia de vergonha...logo no primeiro dia jorge começou a me ensinar a abastecer caminhões chegava por trás de mim e ficava roçando me ensinando a manusear a mangueira eu sentia algo crescendo dentro da calça dele mas penso que se comenta se seria pior os ...
    caminhoneiros quase sem excesasaao mexiam comigo e faziam questão de descer do caminhão para falar comigo os mais ousados passavam as mãos em meio as minhas pernas eu pensava em reagir mas olhava aos lados e não tinha ninguém a me proteger ...se passavam dias e isso ficava cada vez pior agora sempre um caminhoneiro me pegava ou deixava perto de casa mas em troca pediam favores.... eu havia começado a chupar e engolir porra deles mas nada contava a minha família aquele posto estava cada vez mais movimentado não demorou muito Jorge viu que podia ganhar dinheiro com isso e começou a me prostituir dizendo que se fala se algo meu pai não acreditaria ... e assim foi de caminhoneiro em caminhoneiro acabei virando puta cada caminhoneiro que enchia todo tanque tinha direito a uma mamada ... quem comprasse bebidas em dia de jogo podia passar a mão a vontade ate mesmo policiais começaram a frequentar eu já não chegava as aeis da noite e sim meia noite em casa Jorge falava a meu pai que era porque eu estava fazendo hora extra no posto para ajuda lo eu não podia contar nada a minha família mesmo porque para eles eu era uma puta oferecida meu pai acreditava e dizia a jorge obrigado pro ter dado um caminho em minha vida... muitos dos caminhoneiros pagavam um pouco a mais para me comer sem camisinha vez ou outra eu transava com 4 a 6 de uma vez chegava cansada em casa ... e transava em troca do almoço que não era incluso no trabalho Muitas vezes enquanto comia minha marmita estava de quatro com um ...