1. Mariele nas mãos de um sádico terceira parte


    Encontro: 18/04/2017, Categorias: chantagem, Striptease, Submissão, tortura, Humilhação, Sadomasoquismo, Autor: Mariele, Fonte: CasadosContos

    Olá eu sou a Mariele, e como disse antes, eu fui sequestrada e levada a um lugar desconhecido onde eu fui abusada por um homem mascarado. Continuando. Eu estava presa dentro de uma espécie de jaula, eu havia levado um choque elétrico e estava caída no chão chorando e olhando pra ele, que falou. - Agora levanta daí e dá uma voltinha como eu mandei. E vamos logo. Então eu me levantei e dei uma volta como ele ordenou. - Isso, agora tá ficando bom. Agora fique de costas pra eu ver essa bundinha deliciosa. Depois que eu virei, ele mandou. - Agora coloque as mãos nos joelhos. Muito bom, muito bom mesmo. Legal, já pode descansar. Então eu me virei de frente pra ele que saiu dizendo que já voltava. Logo ele voltou e estava trazendo uma filmadora. Ele montou um tripé e colocou a filmadora apontada pra mim. Aí eu perguntei. - O que você está fazendo? Pra quê isso? Ele não disse nada apenas olhou pra mim. Então ele foi até o painel e me deu outro choque. - AI AI AI. - Calada, aqui você não faz perguntas você apenas obedece . Eu resolvi ficar bem quietinha, eu não queria levar outro choque daquele. Depois de ajeitar a filmadora e falou. - Agora nós vamos fazer um pequeno filme e você vai fazer como eu mandar. Ta bom? Eu não falei nada apenas acenei com a cabeça dizendo sim. - Bom então vamos começar Ele mandou eu olhar pra camera e dizer o meu nome, a minha idade e outros detalhes da minha vida, depois eu tive que falar que queria gravar um vídeo erotico e que tudo o que fosse filmado ... era parte de uma fantasia minha. Depois que eu falei isso, ele falou. - Ótimo agora eu vou colocar uma música e quero um striptease bem caprichado. Senão. ... Ele colocou uma música e mandou eu dançar e tirar a roupa. Eu estava paralisada, então ele foi até o painel. Quando ele chegou perto, eu gritei. - Tá, tá bom, eu danço, eu danço. Aí eu comecei a rebolar como ele queria, depois de uma música, ele mandou eu ir tirando a roupa. - Vai, agora tire a camisa. Agora o soutien. Maravilha agora dá um pulinho. Não esqece de sorrir pra camera. Agora a bermuda. Agora a tanguinha. Depois de ficar nua, ele mandou eu fazer várias poses, algumas bem sensuais já outras eram muito vulgares. - Agora erga uma perna e coloque o pé na grade da jaula e toque uma siririca aí. - Não, moço. Por favor não me peça isso, por favor. - Não estou pedindo mesmo, estou mandando. Agora faça o que eu mandei ou eu vou ligar o choque e deixar você torrando aí até virar churrasquinho. Eu estava morrendo de vergonha, mas não tive saída. Eu levantei a perna e escorei o pé na grade, deixando a minha xaninha exposta. Aí ei fiquei me tocando e fingindo sentir prazer, o que era impossível. Até que enfim ele ficou satisfeito e desligou a camera. Quando ele desligou a camera, eu peguei a minha roupa pra vestir, mas ele não deixou. - Negativo você vai ficar nua. Agora jogue essa roupa pra cá. Eu joguei a minha roupa pre ele, e fiquei me cobrindo com as mãos. Ele olhou pra mim e disse. - Agora fique em pé e abra bem as ...
«12»